CEP Concluído

Minas encerra CEP com seleção de propostas e eleição de delegados para CNP

Alterado
Qui, 14/07/2022 - 16:04
Delegados priorizam propostas para o 11o. CNP

O Congresso Estadual de Profissionais de Minas Gerais (CEP-MG) foi realizado no dia 13 de julho. O evento reuniu, na sede do Crea-MG, os delegados eleitos nas reuniões precursoras do CEP e convidados. Na oportunidade foram eleitos os 30 delegados que irão representar Minas Gerais no Congresso Nacional de Profissionais (CNP) que tem como tema central “Desenvolvimento nacional com implementação de políticas públicas para a Engenharia, a Agronomia e as Geociências”.

A etapa estadual do CEP encerra um processo que se iniciou com a realização de 18 reuniões precursoras, de 02 de maio a 30 de junho, em todo o estado. Nelas foram ouvidos profissionais e escolhidos 153 delegados, natos e eleitos. Eles foram os responsáveis por selecionar as 15 propostas, sendo cinco de cada um dos eixos temáticos  – Infraestrutura, Inovações Tecnológicas e Atuação Profissional –, que serão encaminhadas e defendidas no CNP, de 06 a 08 de outubro, em Goiânia (GO). 

O presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Fernando Borges, explicou que foram priorizadas as propostas de Minas que têm uma abrangência mais nacional, mas que as demais proposições serão tratadas e incorporadas em ações e atividades do Conselho. “Mobilizamos mais de 500 profissionais que dedicaram o seu tempo e a sua técnica para contribuírem com ideias e soluções para o desenvolvimento”, ressaltou Lucio.

O vice-presidente do Crea-MG, secretário executivo da Comissão Organizadora Regional (COR) do 11° CEP, engenheiro civil João Luiz Magalhães Teixeira, que coordenou todo o processo, destacou que realizar o CEP foi um desafio. "Percorremos todo estado e conseguimos conhecer e entender o que os profissionais querem do Sistema. Hoje vamos escolher as propostas que nos representam para levar para o CNP e eleger os delegados que vão defendê-las”, afirmou João Luiz.

Solenidade de abertura - Também participaram do CEP-MG, os conselheiros federais engenheiro civil Gilson Queiroz, engenheiro eletricista José Miguel de Melo Lima e engenheiro de minas Renan Guimarães de Azevedo e o gerente de Planejamento e Gestão do Confea e membro do grupo técnico do 11º CEP, Edson César Mello Júnior.

Confira os temas das 15 propostas que seguem para o CNP e os delegados que vão representar Minas Gerais na etapa nacional:
 

Propostas de Minas para o CNP 

Confira abaixo os temas das 15 propostas que foram selecionadas pelos delegados durante a etapa estadual. Agora, elas passam por uma revisão e consolidação para serem encaminhadas para a etapa nacional:


No eixo Infraestrutura, foram aprovadas proposições sobre a criação de lei estadual de inspeção predial, obsrevando as normas técnicas da atividae; celebração de convênios e parcerias entre o Crea e os municípios; divulgação da Lei 11.888/2008, que prevê assistência técnica à famílias de baixa renda na elaboração de projetos e na construção de moradia; legislação específica para vistorias em obras de artes especiais e o incentivo a utilização de barraginhas, técnica que preserva o solo e promove recarga de lençõis freáticos.

As proposições do eixo Inovação Tecnológica que serão encaminhadas para a etapa nacional versam sobre a implantação de assinatura eletrônica na ART, associação automática à Mútura, sistema para consulta de normas NBR e ABNT, qualificação contínua dos profissionais e eleição online para os dirigentes do Sistema Confea/Crea e Mútua.

A fiscalização e verificação do exercício e da atividade das profissões regulamentadas pelo Sistema, grades curriculares básicas, salário minimo profissional e considerar a sondagem de solo como uma etapa obrigatória de uma obra são os temas das proposições do eixo Atuação Profissional.

Confira os delegados mineiros:

Delegados com mandato: 

Selma Costa - inspetora chefe de Pará de Minas
Maria Angélica Arantes de Aguiar - conselheira de Juiz de Fora
Ulisses Guimarães - inspetor chefe de Teófilo Otoni
Jerry Pontes - conselheiro de Andradas
Cleidson Soares Ferreira - conselheiro de Varginha
Henrique Galvão - conselheiro de Curvelo
Stênio Igor Mendonça - inspetor chefe de Lavras 
Tiago Alves - inspetor Chefe Caratinga
Andrea Correa - conselheira de Lavras
Eduardo Guedes - conselheiro de Varginha
Adimar Rezende Lages - inspetor chefe de Varginha
André Luiz Pereira Freire - conselheiro de Ipatinga
Fábio Souto - inspetor chefe de Montes Claros
Francisco Figueiredo - conselheiro de São João del Rei
Maria Júlia Maia - inspetora chefe de Itajubá 

Suplentes com mandato:
1. Luiz Otávio Pereira - inspetor chefe de Divinópolis 
2. Luiz Paulo Mendes - conselheiro por Divinópolis 
3. Samuel Petracone - conselheiro de Sete Lagoas
4. Leandro Artagnan - inspetor chefe de Uberlândia
5. Blander Narciso - inspetor chefe de Ipatinga
6. Alencar Filgueiras - conselheiro de Varginha 
7. Luis Fernando Faria Barreto - inspetor chefe de Unaí

Delegados sem mandato:

Rayssa Figueiredo - Belo Horizonte
Cleidiane Ferreira - Congonhas
Alexandre de Lima - Caratinga
Wagna Regiane - Juiz de Fora
Josias Gomes - Araçuaí
Thauane Silva - Divinópolis
Maria Emília Borges - Belo Horizonte
Paula Capeli - Uberaba
Salustiano Teixeira - São Lourenço
Acácio Ponciano - Varginha
Fábio Luis de Oliveira - São João del Rei
Cleidson Ribeiro - Montes Claros
Maria Consuelita - inspetora secretária de Belo Horizonte
Leonardo Teixeira - Araçuaí
Sebastião Wellington - Três Corações

Suplentes sem mandato:
1. Alexsander Lisboa - Contagem
2. Camila Bulho - Cataguases
3. Claudionor da Silva - inspetor secretário de Varginha
4. Sione Rodrigues - Ituiutaba
5. Fernando de Barros Magalhães - Pouso Alegre
6. Jonatas Nogueira - Andradas 
7. Jorge Nei Brito - inspetor secretário São João del Rei