Juiz-forana é nova representação feminina na direção do Crea-MG

Alterado
Sex, 21/01/2022 - 11:18
Juiz-forana é nova representação feminina na direção do Crea-MG

A nova diretora Administrativa e Financeira do Crea-MG, a juiz-forana, engenheira civil Maria Angélica Arantes de Aguiar Abreu, formada pela Universidade Federal de Juiz de Fora,  tem longo histórico no Plenário do Conselho. Primeiro como suplente, depois como efetiva pelo Sindicato de Engenheiros no Estado de Minas Gerais (Senge-MG). 

Pós-graduada em gestão ambiental, Maria Angélica é servidora da Prefeitura de Juiz de Fora desde 2002, atualmente cedida para a Regional Zona da Mata do Senge-MG, onde ocupa o cargo de diretora administrativa. Participa ativamente do Conselho desde 1994, já tendo exercido, dentre outras funções, a de coordenadora-adjunta da Câmara Especializada de Engenharia Civil (CEEC). Angélica integra também o Programa Mulher do Crea-MG, homologado em março de 2021.

Maria Angélica quer dar sua contribuição para a atual gestão evoluir onde for possível e, sobretudo, que as atividades continuem sendo executadas atendendo à legislação. Ela espera que cada vez mais as mulheres ganhem mais espaço na engenharia e nas suas entidades representativas. “Compartilho a honra de ocupar uma diretoria no Crea-MG a todas profissionais da engenharia, da agronomia e das geociências”, diz.

 

Ronaldo Pereira
Publicado em 21 de janeiro de 2022