Pesquisar...

Lideranças do Sistema Confea/Crea e Mútua participaram de uma ação parlamentar no Congresso Nacional no dia 21 de fevereiro de 2019. Eles divulgaram a agenda legislativa do Sistema com matérias prioritárias para este ano e conquistaram apoio para o posicionamento do Sistema nos projetos de lei que tramitam no Congresso Nacional.

A ação fez parte da programação do 8º Encontro de Líderes Representantes do Sistema Confea/Crea e Mútua, e levou às casas legislativas temas como  a federalização do plenário do Confea, o fim do uso da modalidade pregão para a contratação de serviços de engenharia, o reconhecimento da carreira típica de Estado para engenheiros e engenheiros agrônomos, e a criminalização do exercício ilegal da profissão do engenheiro, arquiteto e agrônomo. As lideranças estiveram em diversos gabinetes do Congresso Nacional, incluindo o do presidente do Senado, Davi Alcolumbre. “Realizamos uma grande mobilização no parlamento, e apresentamos nossas principais demandas. São ações desse tipo que nós precisamos organizar para que tenhamos sucesso”, destacou o presidente do Confea, Joel Krüger.

O presidente, engenheiro civil Lucio Borges, diretores, assessores e coordenadores dos colégios de Inspetores, de Entidades e das câmaras especializadas do Crea-MG estiveram com vários parlamentares - entre eles, os senadores Carlos Viana e Rodrigo Pacheco e os deputados Júlio Delgado, Gilberto Abramo, Pinheirinho, Fred Costa, Vilson da Fetaemg, Newton Cardoso Jr, Leonardo Monteiro, Lucas Gonzalez, Diego Andrade, Franco Cartafina, Greyce Elias, Eros Biondini, Bilac Pinto, Luis Tibé e Weliton Prado – sobre os projetos de lei de interesse da engenharia nacional. Lucio ressaltou a importância dessa aproximação com o Congresso. “Precisamos desse apoio para aprovar pautas que destravem o crescimento do país. Com isso, a engenharia pode contribuir ainda mais para o desenvolvimento. A recepção dos parlamentares foi muito boa”, enfatizou Lucio.

Comissão Externa Desastre de Brumadinho

No final da manhã, a delegação do Regional mineiro compareceu à audiência Comissão Externa Desastre de Brumadinho que acompanha as investigações e os desdobramentos da tragédia causada pelo rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho. Atualmente, ela possui 34 deputados em sua composição que poderão atuar na revisão de leis, em especial a Política Nacional de Segurança de Barragens (Lei 12.334/10).

Para o diretor de Relações Institucionais do Crea-MG, engenheiro civil Pedrinho da Mata, a participação do Conselho na audiência mostra a disposição da engenharia em dar a sua contribuição para que eventos dessa natureza sejam evitados. “Precisamos ocupar os espaços da engenharia. Onde é necessário conhecimento técnico, temos que estar presentes.  Não podemos ser lembrados apenas por eventos trágicos”, reforçou Pedrinho.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto, presente na audiência, falou sobre a capacitação de profissionais para ajudar na fiscalização de barragens. “Por meio Escola Nacional de Administração Pública (Enap), organizamos um curso para todas as agências reguladoras e para o Ibama. O da ANA está acontecendo nesta semana e mais de cem engenheiros, geólogos, geotécnicos estão sendo capacitados para reforçar time dos profissionais que possam fazer vistorias técnicas e emitir um relatório classificando as barragens com maior e menor risco”, informou o ministro.

Confira:

A agenda Legislativa do Sistema Confea/Crea e Mútua

Fotos da participação do Crea-MG

Com informações Ascom/Confea

Leia mais:

Ação parlamentar: Lideranças profissionais mobilizam o Congresso Nacional

Apoio do Crea-MG à Comissão Externa Desastre de Brumadinho

Outras matérias sobre o 8º Encontro de Líderes Representantes do Sistema Confea/Crea e Mútua produzidas pelo Confea:

Ação parlamentar envolverá centenas de lideranças do Sistema

Definidos nomes das lideranças dos fóruns consultivos do Sistema Confea/Crea e Mútua

Engenheiro especialista em planejamento conclama profissionais a se engajarem na política

Chamamento Público: workshop reúne entidades e esclarece dúvidas

Representatividade feminina marca eleição do Fórum Nacional do CDER 

Encontro de Líderes é bem avaliado pelos participantes