Pesquisar no site...

Representantes do Crea-MG realizaram, no dia 12 de fevereiro de 2019, uma visita técnica à barragem de Itabiruçu, em Itabira, na região Central do estado. A barragem funciona há 37 anos e tem a função de conter rejeitos produzidos nas operações de beneficiamento da Mina de Conceição. Além da visita, o Conselho realizou mais uma ação de fiscalização no complexo minerário.

Segundo a diretora de fiscalização do Crea-MG, engenheira civil Maria das Graças Lage, antes de chegar à barragem, foi realizada uma reunião no Escritório Central da Vale, na unidade Itabira, onde assistimos a uma apresentação e ouvimos várias explicações sobre aquela unidade da Vale. “Discutimos procedimentos técnicos já executados e em andamento na barragem de Itabiruçu. Também recebemos documentos de projetos, laudos, pareceres, planos, entre outros”, destacou.

Fiscalização

Na oportunidade, foi realizada uma ação de fiscalização, a fim de assegurar à sociedade a prestação de serviços por profissionais legalmente habilitados. O supervisor da Fiscalização na Mineração, engenheiro de minas Newton Reis, explica que o objetivo da ação foi verificar a regularidade das ARTs de Cargo e Função e de Obras/Serviços, em cumprimento à Lei 5.194/1966. “Cabe à fiscalização do Crea-MG verificar se há engenheiro responsável pela obra e por serviços. Na ação, os nossos fiscais verificaram as ARTs dos contratados e dos profissionais da Vale”, ressaltou.

Do Crea-MG, também participaram da visita técnica, o supervisor da região Leste Rômulo Campos e os fiscais Silvano Miranda e Jânio Carvalho. Eles foram recebidos pelo gerente de Planejamento/Geotecnia, engenheiro de minas Evaldo Luís Bragança Guerra; e o engenheiro civil Quintiliano Guerra Fernandes, ambos da Vale, unidade Itabira.