Pesquisar...

Ouça na Rádio Crea-Minas ou leia na íntegra

A sessão plenária de encerramento das atividades do Crea-Minas, realizada no dia 20 de dezembro, contou com a palestra do gestor Corporativo de Coprodutos e Sustentabilidade da Usiminas, economista Henrique Hélcio Eleto dos Santos. Na oportunidade, o executivo apresentou os últimos resultados do Programa Caminhos do Vale. Desenvolvido há quatro anos pela companhia, com o apoio da Associação dos Municípios do Vale do Aço, ele destina o agregado siderúrgico – oriundo do processo de produção da aciaria  – para a pavimentação de estradas rurais na região. Em contrapartida à doação do produto, de alta resistência ao desgaste, as prefeituras participantes se comprometem com o desenvolvimento de programas socioambientais em prol das comunidades e com a recuperação de cursos de água. 

Henrique: Esse programa tem como contrapartida socioambiental a recuperação de nascentes pelos municípios integrantes. Até setembro de 2018 foram recuperadas 1.445 nascentes. Esse número é muito significativo a medida em que estamos atuando na geração de água. Faz muita diferença. 

A partir de janeiro, o programa manterá convênio com 54 prefeituras de Minas Gerais. Entre outros resultados, o programa já garantiu a recuperação de 1.339 quilômetros de estradas rurais, através da doação de 1 milhão e 700 toneladas de agregado siderúrgico. 

Henrique: Com base nos princípios da economia circular, que prevê que todo resíduo tem uma destinação em uma outra cadeia e deve ser reutilizado, desenvolvemos uma série de estudos e chegamos à conclusão que o agregado siderúrgico, vindo da aciaria, poderia ser utilizado em estradas rurais. 

Prefeituras interessadas em aderir ao programa pode buscar informações com a Associação dos Municípios do Vale do Aço, que faz a gestão executiva, através do email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (31) 9 9148 0886 

Confira as fotos da palestra