Pesquisar...

Plano de Mobilidade Urbana e valorização da engenharia foram os assuntos abordados na reunião entre o presidente do Crea-Minas engenheiro civil Lucio Borges, o prefeito de Andradas geógrafo Rodrigo Lopes, e também o vice-prefeito e conselheiro da Câmara Especializada de Engenharia Civil (CEEC) João Luiz Magalhães Teixeira, no dia 25 de outubro de 2018, na sede do Conselho. 

O Plano de Mobilidade Urbana de Andradas está sendo elaborado por um comitê formado por membros da Prefeitura, da Câmara Municipal, da Associação dos Engenheiros e Agrônomos de Andradas (Assea) e representantes da sociedade. “Nossa expectativa é que o Plano fique pronto até janeiro de 2019 e contribua com o planejamento do município para os próximos 10 anos”, destacou o prefeito de Andradas. 

Para ampliar o conhecimento dos profissionais, que participam da elaboração do Plano, a respeito da importância da engenharia no desenvolvimento do município, os conselheiros da CEEC Bernardo Abrãao e Davina Braga realizaram um seminário que contou com o levantamento de demandas locais e apresentação de propostas para melhorias na mobilidade urbana. Já a conselheira Flávia Bretas ministrou uma palestra com os temas "ética profissional", "plano diretor" e "outorga onerosa". “Tratei sobre o que deve ser planejado na cidade, estudando as leis do município de Andradas. Na palestra, explico plano diretor, outorga onerosa, leis de uso e ocupação do solo e código de obras”, enfatizou Flávia Bretas.

Segundo o vice-prefeito de Andradas, a finalidade destes encontros é qualificar os agentes. “Estamos promovendo a capacitação de todos os envolvidos para elaborar este Plano. Vamos realizar, ainda este ano, uma nova palestra sobre mobilidade urbana”, ressaltou João Luiz.