Pesquisar no site...

O Crea-Minas e o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) se reuniram na sede do conselho, no dia 11 de outubro de 2018, para discutir as atribuições profissionais sobre as atribuições necessárias para garantir a responsabilidade e segurança na utilização de águas superficiais e subterrâneas.

A reunião contou com a presença da coordenadora da Câmara Especializada de Geologia e Minas, Geóloga Francisca Maria Ribeiro Printes, que defendeu a importância das atribuições profissionais para o exercício seguro da profissão. “O Crea estabeleceu que [os profissionais] que possuem atribuição para outorgar processos de águas subterrâneas são os geólogos, engenheiros de minas e engenheiros geólogos”, destacou.

Hoje, processos de outorga enviados ao Igam devem ser enviados em conjunto com A.R.T. validada pelo Crea. “A divisão de atribuições é feita pelo Crea. No momento em que a A.R.T. chega para nós, entendemos que o Crea já definiu e o processo de outorga segue com a análise técnica necessária”, apontou a engenheira civil Marília Melo, diretora-geral do Igam.