Pesquisar...

Levantamento topográfico, verificação de medidas do terreno, medição para regularizar IPTU, vistoria técnica, avaliação de áreas de risco são alguns tipos de projetos realizados pelo Núcleo de Atendimento Social da Faculdade de Engenharia (Nasfe) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Os projetos do Nasfe foram apresentados ao presidente do Crea-Minas engenheiro civil Lucio Borges, no dia 20 de setembro de 2018, pelo inspetor-secretário de Juiz de Fora engenheiro civil Jordan Henrique de Souza, em visita ao Núcleo, localizado na UFJF. 

O inspetor-secretário, que é professor na UFJF e coordenador do Nasfe, explicou que o atendimento inicial às famílias carentes, a visita ao imóvel em situação de risco, as medições, as análises, a representação gráfica, os cálculos e a entrega do serviço técnico são acompanhados e orientados por professores de engenharia. “Estamos despertando nos estudantes da UFJF a função social da engenharia. Nos últimos anos, o Nasfe aumentou o atendimento à população que vive em situação de risco relacionado à habitação, garantindo direitos àqueles que não têm recursos financeiros para solucionar problemas habitacionais”, destacou Jordan Henrique de Souza.

A assistência social é realizada pelos alunos de engenharia civil, elétrica, ambiental, bem como pelos estudantes de direito, serviço social, artes e design, arquitetura e urbanismo. O trabalho multidisciplinar do Núcleo tornou-se uma referência em Juiz de Fora por atender comunidades de baixa renda. Só pelo processo de usucapião, de janeiro de 2017 a setembro de 2018, 63 famílias foram atendidas gratuitamente. Desde sua fundação, em março de 2008, o Nasfe atendeu 239 famílias de baixa renda de Juiz de Fora. Segundo Jordan Henrique de Souza, a expectativa é que, até o fim deste ano, mais 17 famílias do município recebam assistência social.

 

 Confira as fotos