Pesquisar...

Inspetores do Crea-Minas de Teófilo Otoni participaram, no dia 19 de julho de 2018, de uma reunião do Conselho Municipal de Habitação Popular da cidade (Comhabip). Na ocasião, foi discutida aLei Federal 11.888/2008, que assegura o direito das famílias de baixa renda à assistência técnica pública gratuita para o projeto e a construção de habitação de interesse social. “A participação do Crea-Minas faz-se fundamental no processo de implantação da engenharia pública no município”, destacou o inspetor-chefe Ulisses Guimarães.

Criado pela Lei Municipal 5.891/2008, o Comhabip teve sua primeira reunião no dia 10 de maio de 2018, quando cobriu temas como a necessidade de fiscalização e a importância do Conselho. Na segunda reunião, no dia 14 de junho de 2018, foi realizada a eleição para os cargos do Conselho Municipal de Habitação, sendo o inspetor-secretário do Crea-Minas, engenheiro civil Wellington Valente, nomeado como primeiro tesoureiro do Comhabip. Já na terceira reunião, do dia 19 de julho de 2018, ocorreu a capacitação dos presentes, com ênfase em planejamento urbano.

O Conselho Municipal de Habitação surgiu com a finalidade de assegurar a participação da comunidade na elaboração e implementação de programas na área social, no tocante à habitação, e propor ações que melhorem a qualidade de vida da população. Com reuniões mensais, o Conselho discute questões pertinentes à situação das famílias mais carentes do município. Segundo dados da Secretaria de Assistência Social de Teófilo Otoni, hoje existem cerca de 10 mil famílias inscritas nos programas de auxílio-moradia, vivendo em situações precárias e sub-humanas.

Além dos representantes do Crea-Minas, as reuniões contaram com a presença de representantes da Cemig, Copasa, secretários do município e integrantes de movimentos sociais.