Pesquisar...

O 12º Simpósio Internacional de Ferrocimento e Compósitos Cimentícios Delgados: A Tecnologia na Escala Humana - Ferro12 - ocorrerá entre os dias 15 e 18 de julho de 2018, no Crea-Minas, em Belo Horizonte. Pela primeira vez na América do Sul, o Ferro12 faz parte de uma série contínua de simpósios, iniciada no final da década de 70e realizada em todo o mundo. “Para o Crea-Minas, sediar o Ferro12 significa possibilitar que a comunidade científica tenha um olhar mais apurado para Minas Gerais”, ressalta o engenheiro civil Paulo Henrique Francisco dos Santos, assessor de projetos estratégicos do Crea-Minas e membro do Comitê Organizador Local do Ferro12.

O evento realizado pelo Crea-Minas, pela Copasa, pelo Senge-MG e pela Sociedade Brasileira de Ferrocimento (SBF) tem como objetivo estimular a aplicação da tecnologia do ferrocimento e a produção de conhecimentos na área. “O Brasil vai ser o precursor em trazer uma discussão mais científica sobre o ferrocimento, que é uma tecnologia inovadora que permite que você tenha uma aplicação mais social”, destaca Paulo Henrique.

Panorama

O evento, que terá como tema “A Tecnologia na Escala Humana”, contará com quatro eixos temáticos principais para nortear as discussões. Foram selecionados 57 artigos de autores da Alemanha, Brasil, Colômbia, Cuba, Espanha, Estados Unidos, Índia, Israel, México, Reino Unido, Sérvia e Suíça:

Novos materiais e tecnologias – 20 artigos

Análises, projeto e construção – 19 artigos

Aplicação em obras de habitação, saneamento, lazer – 16 artigos

Desastres naturais, corrosão, durabilidade – 2 artigos

Ferrocimento

O ferrocimento, conforme definido pela Sociedade Internacional de Ferrocimento (IFS), é uma estrutura em casca, construída com cimento Portland, reforçada com telas de malhas de arame contínuo de pequeno diâmetro que podem ser de aço ou de outro material adequado. No Brasil desenvolveu-se a argamassa armada, um tipo de ferrocimento, que foi utilizada na construção de escolas, hospitais e edifícios públicos, entre outros.

Utilizado, por exemplo, na construção de barcos, tanques, reservatórios, silos e casas, o ferrocimento se destaca por uma maior leveza – até cinco vezes menos peso – plasticidade, além de um custo mais baixo. “Com o uso do ferrocimento é possível construir uma estrutura resistente, impermeável e dúctil”, destacou o engenheiro civil e sanitarista Sávio Nunes Bonifácio, presidente do Comitê Organizador Local do simpósio e engenheiro sênior de projetos da Copasa.

Cronograma

Para os autores que tiveram seus resumos aprovados, a submissão do artigo completo deve ser feita até o dia 15 de março de 2018. Já a divulgação final dos trabalhos aprovados será realizada no dia 15 de maio.

As inscrições para participar do evento, que acontece entre os dias 15 e 18 de julho, serão abertas em breve. Outras informações sobre o Ferro12 podem ser obtidas no site do evento.