O III Seminário Sitac Brasil reúne, desde 23 de novembro, representantes do Crea-MG e dos Creas de 14 estados que implantaram a solução tecnológica. O evento, realizado de forma híbrida, é promovido pela TecnoTech, empresa responsável por dar suporte técnico para o sistema. Além dos Conselhos, participam o Confea e as empresas especializadas em tecnologia Velp e Certeduc.

O seminário está sendo uma oportunidade para os Creas trocarem informações e experiências sobre o Sitac e alinhar procedimentos. Na oportunidade, o diretor-executivo da TecnoTech, Silvano Maia Dantas, falou dos desafios do processo de migração, ajustes e melhorias do sistema para atender as demandas dos profissionais. “Queremos avançar e hoje a finalidade deste evento é unificar e compartilhar ideias”, apontou.

O presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Fernando Borges, concorda que mesmo com os avanços na prestação de serviços, com o Sitac-MG, é preciso aprimorá-lo. “Hoje, considero este momento fundamental para que a gente possa avançar ainda mais e trabalharmos de maneira unificada”, ressaltou.

Sitac-MG - No primeiro dia, o gerente do Departamento de Planejamento, Gestão e Tecnologia, engenheiro mecânico César Paiva, apresentou o projeto de implantação do Sitac em Minas e o gerente da Divisão de Fiscalização, engenheiro eletricista Nicolau Neder, detalhou a utilização do aplicativo mobile do Conselho na fiscalização. O Crea-RN falou sobre o módulo conselheiro, funcionalidade que auxilia na tramitação dos processos digitalizados. O evento segue até o dia 25 de novembro.

 

Almir Moura
Publicado em 24 de novembro de 2021