Lítio e outros investimentos ligados à engenharia, à agronomia e às geociências foram os assuntos tratados na reunião entre o governador de Minas Gerais Romeu Zema, o presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges, e a deputada Laura Serrano, no dia 13 de outubro. Na ocasião, Lucio entregou a Zema a cartilha “Ideias e soluções para os municípios - Contribuições da engenharia, da agronomia e das geociências” e uma carta sobre lítio que descreve o cenário do recurso natural no Vale do Jequitinhonha e a atuação do Grupo de trabalho (GT) Lítio – Extração e Beneficiamento.

O lítio é de grande importância para Minas Gerais e em particular, para o Vale do Jequitinhonha. Em razão de sua relevância, o presidente do Crea-MG explicou ao governador que “o GT lítio foi criado no ano passado para discutir a respeito do recurso natural com os objetivos de levantar e fomentar o debate técnico sobre as atividades de engenharia envolvidas, desde a pesquisa geológica, recursos, projetos, reservas, extração e beneficiamento do lítio, produtos, aplicações, logística, passando pela avaliação do desenvolvimento que será gerado nas regiões produtoras e para todo o estado de Minas Gerais”.

A deputada Laura Serrano tem acompanhado ativamente o trabalho do GT Lítio do Crea-MG e acredita que essa aproximação do Conselho e Estado é muito importante para a promoção do desenvolvimento em Minas Gerais. “Temos uma série de investimentos que estão sendo atraídos por essa gestão. Esses investimentos estão relacionados a várias demandas de engenharia e, com isso, termos profissionais especializados realizando as funções da forma adequada e agregando em melhoria de qualidade de vida para as pessoas que vão ter emprego e renda é fundamental”, ressaltou.

 

Almir Moura
Publicado em 13 de outubro de 2021