Na primeira plenária do ano, realizada no dia 21 de janeiro de 2021, os conselheiros do Crea-MG homologaram o engenheiro industrial mecânico Edilio Ramos Veloso como vice-presidente e elegeram os diretores Administrativo e Financeiro, engenheiro civil Paulo Luiz Galvão Alves; de Planejamento, Gestão e Tecnologia, engenheiro de produção Eber Luiz Padrão França; Técnico e de Fiscalização, engenheiro civil Edilson Luiz da Silva Mota; de Atendimento e Acervo, engenheira agrônoma Camila Karen Reis Barbosa; de Relações Institucionais, engenheiro civil Álvaro Eduardo Goulart; e de Recursos Humanos, engenheiro eletricista Gilmar Pereira Narciso.

Na oportunidade, o presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges, reeleito em 1º de outubro de 2020 para a gestão 2021/2023 deu posse à nova diretoria e aos novos conselheiros. O vice-presidente e os diretores têm mandato de um ano, e podem ser reconduzidos por mais um, já o mandato dos conselheiros é de três anos. "Nós estamos com uma expectativa muito boa para este ano. Uma gestão de diálogo, transparência e de muita conversa para que a gente consiga resolver os nossos problemas. a gente tá prevendo um desafio ainda muito grande por causa da pandemia, mas estamos a postos para desempenhar nossas funções aqui no Crea de Minas Gerais para que a gente possa avançar na engenharia, na agronomia e nas geociências”, concluiu Lucio.