A inclusão de Tecnólogo em Design de Interiores na Tabela de Títulos do Sistema Confea/Crea, modalidade de Engenharia Civil, está sendo aguardada pelos profissionais da área. Apesar de ainda não ter sido homologada a inserção do referido título, o registro deles no Crea-MG já está sendo feito com o título de Tecnólogo em Edificações, com atribuições na área de formação. O assunto foi pauta da reunião realizada no Instituto de Engenharia e Arquitetura do Triângulo Mineiro (IEATM), em Uberaba, no dia 16 de novembro de 2020, com a participação da diretora Técnica e de Fiscalização do Conselho, engenheira civil Davina Braga, os diretores do IEATM, os designers de interiores, os fiscais e demais funcionários da Inspetoria de Uberaba do Crea-MG.

Segundo Davina, o processo de inclusão está em andamento e a expectativa é de que ainda este ano possa constar na Tabela de Títulos do Confea. Ela orienta que, assim que for homologada a inserção, todos os designers registrados anteriormente devem se dirigir ao Crea-MG para ajustarem o registro ao novo título. “Buscamos o título mais próximo existente na tabela do Confea que é tecnólogo em edificações, mas esclarecendo sempre que as atribuições concedidas são apenas na área de design de interiores. Assim que for regularizado, eles terão mais autonomia e segurança para exercerem suas atividades”, destacou. Ela tambémapresentou diversos esclarecimentos e observações referentes às decisões de Câmaras enviadas este ano à fiscalização do Crea-MG, reforçando que a necessidade da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), conforme Lei Federal 5.194, para as  atividades dos designer de interiores.

A profissão foi regulamentada em 2016 e, desde 2019, o Crea-MG tem registrado os tecnólogos em design de interiores. Atualmente, existem 590 cursos no país, sendo 41 em Minas Gerais. Raphael Ticiano que estudou na Universidade de Uberaba (Unibe) afirma que está ansioso para ter o título com o nome do curso no qual se graduou. “Todos os profissionais da minha área vão poder fazer o registro no Crea com o título de tecnólogo em design de interiores e se sentirão mais resguardados e valorizados”, ressaltou.