Para acertar os detalhes da eleição de diretor-financeiro da Mútua-MG, a Comissão Eleitoral Regional (CER-MG) reuniu-se no dia 17 de novembro de 2020, na sede do Crea-MG. O processo eleitoral para diretoria da Mútua é regulamentado pela resolução 1.117/2019. O diretor-financeiro da Mútua-MG é eleito pelos conselheiros dos regionais, por voto direto facultativo.  

O coordenador da CER-MG, engenheiro florestal João Paulo Sarmento, explica que "A CER-MG está seguindo as orientações da Comissão Eleitoral Federal (CEF) para a realização do pleito.  O pleito está marcado para na plenária do dia 3 de dezembro e na próxima convocação, os conselheiros receberão todas as orientações".

Na oportunidade, o vice-presidente do Crea-MG, engenheiro mecânico Edilio Veloso, dá posse ao engenheiro civil Lucio Borges para o período de 2021/2023 como presidente do Conselho. Lucio foi reeleito para mais um mandato no dia 1º de outubro. Também serão empossados, para o mesmo período, os diretores geral da Mútua, engenheiro industrial mecânico Abelardo Ribeiro de Novaes Filho; e administrativa engenheira civil Júnia Neves.