Com o objetivo de aprimorar o atendimento aos profissionais e à sociedade, o Crea-MG realizou ajustes em seu Organograma da Estrutura Auxiliar. Segundo o presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges, "a partir de experiências do primeiro mandato e das demandas ouvidas de profissionais, empresas e lideranças durante a campanha, fizemos adequações com o objetivo de tornar os nossos serviços ainda mais especializados", explicou Lucio.

A nova gestão – 2021/2023 – para a qual o presidente Lucio foi reeleito, inicia-se em 1º de janeiro do próximo ano, no entanto, o novo organograma, instituído pela Portaria 145 de 22 de outubro, já está valendo. "Não vejo porque aguardar, se podemos melhorar desde já. Ficamos licenciados por sete meses, em função de dois adiamentos das eleições, e dialogamos com muitas pessoas por todo estado. Analisamos muitas sugestões e agora é hora de colocá-las em prática", destacou o presidente.

O novo organograma está em consonância com o projeto Ponte Digital que une tecnologia e pessoas para transformar a cultura, a forma de prestar os serviços, de atender e de relacionamento com os profissionais, as empresas e a sociedade.  Uma grande mudança trazida pelo projeto é a implantação de um novo sistema de serviços, o Sistema de Informações Técnicas Administrativas – Sitac/Versão MG, que estará disponível no dia 4 de janeiro de 2021. 

Confira o novo organograma