A fim de apresentarem suas propostas a candidatos a prefeito de Belo Horizonte para o desenvolvimento sustentável da capital mineira, englobando saúde e bem estar, redução das desigualdades, educação de qualidade, representantes dos Conselhos e Ordens Profissionais de Minas Gerais (COP-MG) se reuniram no dia 30 de outubro de 2020. O encontro foi realizado no auditório do Hotel Quality, no bairro de Lourdes, Região Centro-Sul.

A iniciativa faz parte de um esforço do COP-MG para fortalecer a presença das profissões na agenda dos candidatos. O primeiro a participar do encontro foi João Vítor Xavier e o vice Leonardo Bortoletto. Na oportunidade, os presidentes e representantes dos Conselhos Regionais de Engenharia e Agronomia (Crea-MG), de Arquitetura e Urbanismo (CAU-MG), de Administração (CRA-MG), dos Técnicos em Radiologia da 3ª Região (CRTR-3), de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 4ª Região (Crefito-4) e de Biblioteconomia da 6ª Região (CRB-6) falaram da importância da valorização das profissões e da fiscalização para a defesa da sociedade.

Representando o Crea-MG, o assessor da presidência, Marcos Túlio de Melo, reforçou que as propostas apresentadas pelos Conselhos podem contribuir no direcionamento das ações do próximo prefeito para o desenvolvimento da cidade. “O Crea-MG, o CAU-MG, o Crefito, e outros conselhos fizeram suas pautas de propostas específicas para que os candidatos não só agora na fase de apresentação de suas propostas, mas principalmente na fase executiva, se eleitos, possam contar com esse conhecimento das profissões, através dos conselhos profissionais, para poderem fazer a gestão da cidade e obterem o resultado que todos nós esperamos da administração pública”, enfatizou.