Pesquisar no site...

A vida acontece nas cidades, afirmou o presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges, em reunião com a Associação Mineira de Municípios (AMM), no dia 14 de outubro de 2020, na sede do Conselho. A um mês das eleições municipais, o Crea-MG apresentou uma carta de propostas da engenharia, da agronomia e das geociências que será dirigida aos candidatos. "Esse documento é fruto de muitos anos de trabalho do Conselho. São propostas construídas com profissionais de todo estado em encontros regionais, congressos e grupos de trabalho. Através dele, estamos oferecendo aos candidatos uma agenda robusta para alavancar o desenvolvimento de Minas", destacou Lucio.

Sobre a Carta do Crea-MG aos Candidatos nas Eleições Municipais 2020, o presidente da AMM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda tem uma boa expectativa. "Esse projeto do Crea de buscar dos candidatos um compromisso com essas propostas e que podem trazer um desenvolvimento muito grande pra nós, principalmente, no tocante a infraestrutura, saneamento e adequação para gente poder construir cidades melhores de se viver", garantiu Julvan.

Eleições - Em Minas Gerais, além dos 853 prefeitos e vice, serão escolhidos mais de 8 mil vereadores para compor as câmaras municipais. São eles que terão que enfrentar os problemas de infraestrutura se perpetuam. Por não haver, em muitos municípios, equipes técnicas capazes de planejar e executar obras. Essa questão se tornou mais evidente com a Constituição de 1988, quando os municípios se tornaram entes federativos autônomos, e os serviços públicos passaram gradativamente à esfera local. Assim, as prefeituras assumiram a gestão de serviços primários ao cidadão, como saúde, educação, habitação e saneamento básico. 

Muitos desses serviços envolvem profissionais das áreas de engenharia, agronomia ou geociências e as cidades precisam de apoio técnico. Por isso é importante que o Crea-MG se posicione, é o que acredita o vice-presidente do Conselho, engenheiro mecânico Edilio Veloso. "Com esse movimento do Crea, o profissional, seja ele candidato ou não, se sente motivado a se envolver com as questões de sua cidade. A gente percebe uma mudança na política. As pessoas querem participar mais e o nosso papel é contribuir", acrescentou Edilio.

Também participaram da reunião o prefeito de Andradas e secretário da AMM, Rodrigo Aparecido Lopes; o vice-prefeito de Andradas e conselheiro do Crea-MG, João Luiz Magalhães Teixeira; do Crea-MG, a gerente de Apoio aos Colégios Maria Cristina Silva, o procurador Rubens Jardim e os assessores Maycon Juan e Ronaldo Pereira.

Confira a Carta do Crea-MG aos Candidatos nas Eleições 2020

ammcrea2