Pesquisar no site...

No dia 5 de fevereiro de 2020, foi realizada, na PUC Minas, em Belo Horizonte, a palestra “Por que ainda não sabemos elaborar Propostas Técnicas e Comerciais?", que tratou de temas voltados para a engenharia de orçamentos.  O evento contou com a participação de Daniel Bassolin, diretor da Federação nacional da Inspeção Veicular (Fenive); José Idilio Martins, consultor da Saft Batteries Brasil; Newton Lima, diretor da Lima Nunes; Guilherme Andrade, diretor do Grupo Otimiza; e do coordenador do curso de pós-graduação em Engenharia de Orçamentos e diretor da Associação para o Desenvolvimento da Engenharia de Custos (AACE Capítulo Brasil), Ítalo Coutinho.

Durante o encontro, o engenheiro mecânico Ítalo Coutinho apontou a necessidade de registrar a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) nos trabalhos de engenharia. Esse é o documento que define, para os efeitos legais, os responsáveis técnicos pela execução de obras ou prestação de serviços relativos às profissões abrangidas pelo Sistema Confea/Crea. Ítalo também enfatizou a necessidade de os profissionais participarem ativamente do Crea-MG e explicou que a fiscalização realizada pelo Conselho é uma forma de garantir a valorização da engenharia. “Se você passou na rua e viu alguém trabalhando em obra sem placa de fiscalização, sem o responsável técnico, por favor, denuncie. Essa é uma responsabilidade que a gente tem com a sociedade e conosco, engenheiros,” destacou.

Você fiscal

Um dos recursos que o Conselho disponibiliza para que a sociedade possa fazer denúncias a respeito de obras e serviços irregulares é o aplicativo Crea-MG Mobile. Dentro dele, no módulo Você Fiscal, os usuários podem fazer consultas e denunciar irregularidades de forma rápida e simples. O aplicativo está disponível, desde fevereiro de 2019, e pode ser baixado de forma gratuita na AppStore, para dispositivos IOS, e pela Play Store, para dispositivos Android.  

Confira a íntegra da palestra Por que AINDA não sabemos elaborar Propostas Técnicas e Comerciais?