Pesquisar no site...

Profissionais de Poços de Caldas se reuniram na inspetoria da cidade, no dia 5 fevereiro de 2020, com o inspetor-chefe, engenheiro civil José Maria de Assis e com o presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges, a fim de discutir possibilidades de valorização do profissional da engenharia, da agronomia e das geociências, e a importância do Conselho.

Para o inspetor, o encontro foi muito importante para esclarecer dúvidas sobre como o Crea-MG atua, quais são suas atividades e atribuições. “Espero que os profissionais que participaram sejam multiplicadores das questões debatidas aqui para outras pessoas da cidade”, declarou José Maria de Assis. 

Na ocasião, foi debatida ainda a desregulamentação profissional que poderia ocorrer com o antigo texto da PEC 108/2019.Embora o texto original tenha sido retirado de pauta, é necessário manter a mobilização dos profissionais. Segundo Lucio Borges, caso os conselhos percam o poder de fiscalização, o mercado ficará sujeito a aventureiros e práticos, precarizando a oferta de serviços especializados à população. “Se hoje, em Minas, os números da fiscalização já são alarmantes, com cerca de 70% das autuações para empresas irregulares e por falta de profissional habilitado para atividade técnica, sem a nossa atuação, o mercado será terra de ninguém," destacou.