Pesquisar no site...

O engenheiro civil Gilson Queiroz foi empossado conselheiro federal por Minas Gerais na sessão plenária 1.512 do Confea, no dia 27 de novembro de 2019. Na ocasião tomaram posse, nove dos 12 conselheiros eleitos em outubro para o período de 2020/2022.

Na ocasião, o coordenador da Comissão Eleitoral Federal (CEF), engenheiro agrônomo Annibal Margon, leu as deliberações que aprovaram o resultado das eleições realizadas em outubro. Os eleitos tiveram seus nomes referendados pelo plenário do Confea. Gilson Queiroz afirmou que pretende fazer um trabalho no Confea afinado com o Regional mineiro. “Vou trabalhar permanentemente com a gestão do Crea e com cada uma de suas estruturas, com as entidades de classe, a Mútua, as instituições de ensino e os inspetores. O Conselho Federal é o local certo para discutirmos questões que afligem nosso exercício profissional. Quem regulamenta e coloca as regras é o Confea. Vamos fazer de tudo para levar as demandas que recebemos durante a campanha para que consigamos melhorar ainda mais”, destacou.

Empossados

Modalidade Agronomia - Crea-AM

  • Engenheiro florestal Ricardo Ludke  - titular
  • Engenheira de pesca Alzira Miranda - suplente

Modalidade Elétrica - Crea-CE

  • Engenheiro eletricista José Miguel Melo – titular

Modalidade Civil - Crea-DF

  • Engenheiro civil João Carlos Pimenta - titular 
  • Engenheiro civil Maurício Canovas Segura

Modalidade Civil - Crea-MG

  • Engenheiro civil Gilson Queiroz, titular

Modalidade Elétrica - Crea-PA

  • Engenheiro eletricista Daniel Sobrinho – titular

Modalidade Industrial - Crea-PB

  • Engenheiro de minas Renan Guimarães – titular  
  • Engenheiro de minas Vicente de Paula - suplente

Na plenária do dia 29 de novembro, tomará posse o engenheiro eletricista Alexandre Rocha Filgueiras, suplente de José Miguel de Melo Lima e, em dezembro, serão empossados o engenheiro civil Ivo Oliveira, suplente de Gilson Queiroz, e o engenheiro eletricista Manuel José de Menezes, suplente de Daniel Sobrinho.

 Gilson empossado

Com informações do Confea