Pesquisar no site...

O Crea-MG participou, pela primeira vez, da reunião do Conselho Estadual de Política Agrícola (Cepa), no dia 06 de novembro de 2019, na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, em Belo Horizonte. O encontro contou ainda com a presença de 25 representantes de instituições públicas, quando coordenadores e relatores das Câmaras Técnicas que compõem o Cepa discutiram as suas atividades. Na oportunidade, a participação do Crea-MG no Conselho foi aprovada por unanimidade.  Segundo o superintendente de Fiscalização e Atendimento do Crea-MG, engenheiro agrônomo Humberto Falcão, é muito importante que o Regional mineiro faça parte dos debates no Cepa. “O Crea poderá contribuir efetivamente com orientações e sugestões no planejamento, implantação, acompanhamento e avaliação das atividades do agronegócio em Minas Gerais”, ressaltou.

O Cepa, vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, tem como objetivo assegurar a participação dos setores de produção, de comercialização, armazenamento, transportes e abastecimento, na formulação do planejamento e acompanhamento da política rural. Além das Câmaras Técnicas, o Conselho é constituído pelo Plenário, Presidência, Secretaria Executiva. Algumas de suas atribuições são definir políticas estaduais de pesquisa, de assistência técnica e extensão rural, de fomento à produção agropecuária e de defesa sanitária; supervisionar e controlar a execução de política agrícola; entre outras.

Atualmente, o Cepa conta com 17 Câmaras Técnicas distribuídas nas áreas de agricultura, pecuária e temáticas. “As Câmaras são as bases de orientação do governo estadual para a implementação de políticas e atividades agrossilvipastoris. Elas são fundamentais na busca de soluções para todos os segmentos das cadeias produtivas do nosso estado”, destacou coordenador da Câmara Técnica de Avicultura do Conselho, engenheiro agrônomo Emílio Mouchrek, que também é supervisor de Fiscalização do Agronegócio do Crea-MG.

Reuniao Cepa

Superintendente de Fiscalização e Atendimento do Crea-MG, engenheiro agrônomo Humberto, e a secretária de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Ana Valentini.