Pesquisar no site...

Para fortalecer as fiscalizações no agronegócio, o Crea-MG renovou o termo de mútua cooperação técnica com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG). A assinatura foi formalizada, no dia 07 de outubro de 2019, em reunião entre o presidente do Conselho, engenheiro civil Lucio Borges, e o diretor-presidente da Emater-MG, engenheiro agrônomo Gustavo Laterza de Deus.

A renovação do termo entre as duas instituições é mais uma ação para fomentar a troca de informações, além de promover a valorização profissional do corpo técnico das duas instituições. “Queremos continuar com essa parceria histórica, já que com ela podemos ampliar e focalizar nossa fiscalização e também participar de eventos que nos aproximem dos profissionais”, ressaltou Lucio.

O termo, que tem validade de sessenta meses a partir da data de assinatura, propõe o fornecimento de dados e de materiais informativos. Segundo Gustavo Laterza, a assinatura é importante para a realização das atividades-fim do Sistema e da Emater. “Estamos muito felizes por ter essa parceria com o Crea, que é a casa dos engenheiros. A renovação [do termo de mútua cooperação] visa compartilhar informações e ter um apoio técnico no que se refere ao setor agropecuário”, destacou Gustavo.

O Crea-MG tem firmado termos de mútua cooperação técnica com diversas prefeituras e outros órgãos públicos, visando o aprimoramento dos trabalhos, a fim de proporcionar à sociedade segurança, bem-estar humano e social e equilíbrio ambiental. A iniciativa busca fortalecer mais as ações de fiscalização do Conselho.

Também participaram da reunião, o superintendente de Fiscalização e Atendimento do Crea-MG, engenheiro agrônomo Humberto Falcão; o diretor técnico da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural, Feliciano Nogueira de Oliveira e o coordenador técnico da Emater, engenheiro agrônomo Roberval Juarês de Andrade.