Pesquisar no site...

Para esclarecer algumas questões sobre registros de cursos no Crea-MG, representantes da Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ) estiveram no Conselho, no dia 09 de setembro de 2019. Eles se reuniram com a coordenadora da Comissão de Educação e Atribuições Profissionais do Crea-MG (Ceap), engenheira civil Davina Braga para algumas informações e orientações sobre a documentação para cadastramento  do curso de especialização em Engenharia de Segurança do trabalho, na modalidade EAD. O processo já está na Câmara Especializada de Segurança do Trabalho do Crea-MG para sua análise.

Todos os cursos de nível superior de engenharia, agronomia e geociências devem ser cadastrados no Crea-MG. Para Davina Braga, é importante para os dois lados a aproximação entre Conselho e Instituições de ensino. "Tanto o Crea como as Universidades tem o mesmo objetivo, que é a boa formação do profissional para o mercado de trabalho.  Precisamos estar juntos, pois as instituições de ensino superior formam os profissionais E nós, do Conselho, através das câmaras especializadas, concedemos as atribuições. Por isso precisamos fazer o melhor pensando sempre na excelência do profissional", explicou.

O coordenador da graduação em engenharia de segurança do trabalho, engenheiro eletricista Paulo Cezar Lamim destacou que o Crea-MG possui um papel de extrema importância para estudantes de engenharia. "É preciso que a atividade de engenharia, desde a graduação, esteja alinhada com o Conselho, assim como os estudantes que são futuros profissionais", afirmou. Também o presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges, avalia que é importante a aproximação com a instituições de ensino para que o futuros profissionais entendam desde o início a função do Crea-MG.

Outros representantes da UFSJ também participaram da reunião, o professor de engenharia mecânica Fabiano Bianchin; e a coordenadora da pós-graduação em engenharia elétrica, Lane Maria Rabelo.

reuniao UFSJ