Ouça na Rádio Crea-Minas ou leia na íntegra

Engenheiro eletricista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina e mestre em Administração, Ênio Padilha combina em suas abordagens marketing, gestão e engenharia. No sábado, dia 3 de agosto de 2019, ele ministrou a palestra Gestão de Carreira e Marca Pessoal para Engenheiros Recém-Formados no XVI Seminário de Jovens Lideranças, realizado pelo Crea Jr-MG, em Belo Horizonte. Padilha diferenciou exercício profissional e carreira. Segundo ele, o exercício profissional começa logo após a graduação e o registro no Conselho de Engenharia. É regido e controlado por leis, normas técnicas, por conselhos profissionais, pelo código de ética e profissionalismo. De acordo com Padilha, merece ser ensinado nas universidades. Já a carreira começa quando o estudante entra na faculdade. E esta aprendizagem precisa ser conduzida com responsabilidade e com melhores escolhas.

Sonora Ênio Padilha:  A posição que um determinado profissional ocupa em um determinado momento da carreira pode ser explicada de diversas maneiras: por circunstâncias, oportunidades, possibilidades. Mas não existe nada mais efetivo para explicar a posição que uma determinada pessoa alcança na carreira do que as escolhas que ela faz. Ela precisa fazer as escolhas certas nos momentos certos da carreira. Qualquer coisa que você escolha para um lado e para o outro vai te levar para um determinado caminho e produzir consequências no futuro.

Padilha entende que a carreira é organizada em fases. E em cada uma delas, os resultados dependem das conquistas nas etapas anteriores. Autor do Manual do Engenheiro Recém Formado, lançado em julho de 2015, o catarinense recomenda dedicação aos estudos. Formação sólida é base de tudo, garante. Depois, ao longo do aprendizado, é preciso esforço individual de adaptação e mudanças para evoluir como pessoa e profissional. Ele afirma que também é importante pensar, após a graduação, na especialização. Para Padilha, o tempo do generalismo acabou.

Sonora Ênio Padilha: A especialização hoje é uma coisa absolutamente indispensável para a construção não só de uma carreira boa, mas também de uma marca pessoal valiosa

Com foco na capacitação profissional, o tema do Seminário do Crea Jr-MG foi "Engenhar ideias e construir sonhos". Padilha gostou do que viu.

Sonora Ênio Padilha: Eu sou um defensor e torcedor do Crea Júnior desde a primeira hora que começou. O Sistema profissional precisa desse sangue novo e eu acho importante que esse pessoal esteja produzindo eventos com a qualidade que se viu aqui

Padilha disse ainda aos jovens que o engenheiro é um líder, porque está sempre à frente de equipes, de empresas e de processos. E que, em tempos de conexões virtuais, também é preciso se ater à construção da marca, da identidade visual, da visibilidade do trabalho, do marketing e também das redes sociais.

Veja mais:

XVI Seminário de Jovens Lideranças debate empreendedorismo e o futuro da tecnologia no país

Premiação e balanço da gestão marcam encerramento do XVI Seminário de Jovens Lideranças

Presidente do Crea-MG recebe coordenadores do Crea MG-Jr para um bate-papo

Ex-ministro defende Engenharia como motor de desenvolvimento