Pesquisar no site...

 

O tema central do CNP foi aprovado em 25 de janeiro de 2019 pelo Plenário do Confea, a partir das sugestões apresentadas pelo Colégio de Presidentes, pelo Colégio de Entidades Nacionais e pelas Coordenadorias de Câmaras Especializadas dos Creas (Veja a PL-0060/2019).

Para a organização dos trabalhos, foram propostos eixos temáticos que nortearão as discussões e a sistematização das propostas de políticas públicas, estratégias e programas de atuação da engenharia, da agronomia e da geociência para o desenvolvimento nacional.

 

Eixos temáticos:

inovacao tecnologicaInovações Tecnológicas - Inovações tecnológicas no processo de desenvolvimento econômico sob a ótica da Engenharia e da Agronomia

> Como estimular a inovação na engenharia e na agronomia?

> A inovação é estratégica para o desenvolvimento? Como fazer com que ela tenha a devida importância?

> Como a inovação pode auxiliar na redução das desigualdades?

> Como a inovação pode ser financiada? Qua o papel do setor público?

> Como criar redes de inovação? Quem deveria fazer parte delas?

> Como Minas e o Brasil devem estimular a participação de profissisonais e empresas no mercado global?

> Quais ações devem ser implementadas para incrementar os mecanismos de apoio à inovação nas pequenas e médias empresas?

> O que precisa ser feito para desenvolver e ampliar o acesso a novas tecnologias?

> Como acelerar a chegada de inovações tecnológicas na ponta das cadeias produtivas da engenharia, agronomia e geociências?

> A existência de iniciativas como o Ciência Sem Fronteiras realmente trouxe algum resultado positivo para o país? Qual deveria ser a contrapartida de um estudante que participa de um programa como esse para o país e a sociedade?


rec naturalRecursos Naturais – O papel da Engenharia e da Agronomia na utilização e aproveitamento de recursos naturais com sustentabilidade

 > Como podemos contribuir para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pelas Nações Unidas (ONU)?

> Quais as medidas necessárias para minimizar os impactos sociais e ambientais decorrentes de desastres relacionados a nossas áreas?

> Onde as profissões tecnológicas têm falhado nos grandes desastres ambientais dos últimos anos? 


> Como o Sistema deve atuar para garantir à sociedade o uso sustentável dos recursos naturais?

> Como promover boas práticas relacionadas a:

sustentabilidade

acessibilidade

gestão de resíduos

eficiência no uso de materiais e recursos como água e energia

mudanças climáticas

impacto ambiental

mobilidade


infraInfraestrutura – A governança da política de infraestrutura brasileira sob a ótica da Engenharia

 > Qual o papel da engenharia, agronomia e geociências no desenvolvimento da infraestrutura adequada para o Brasil?

> Qual o papel do Estado na implantação de infraestrutura adequada?

> Quais requisitos das áreas de engenharia, agronomia e geociências devem ser contemplados no planejamento de infraestrutura?

> Como os programas de infraestrutura podem auxiliar na redução de desigualdades, fomentando os setores estratégicos e as vocações regionais?

> Como reverter o quadro de baixo investimento em políticas de infraestrutura e garantir que elas tenham o retorno social esperado?

> Qual deve ser a prioridade de investimentos em infraestrutura por parte do setor público?


atuacaoprofissionalAtuação Profissional – Os rumos da formação profissional da Engenharia e Agronomia brasileiras

> Como garantir uma formação adequada para o exercício responsável, ético e em sintonia com as demandas da sociedade?

> Como devem ser atualizadas as normas relacionadas a nossas profissões para atender as demandas da sociedade e do mercado?

> De que forma é possível estimular que os profissionais busquem novos conhecimentos e qualificações?

> Quais ações podem aperfeiçoar a valorização profissional junto à sociedade?

> Quais as principais alterações na legislação deveriam integrar a agenda prioritária do Sistema?

> De que maneira o Sistema deve usar a tecnologia para simplificar a vida dos profissionais e da sociedade?

> Como o Sistema pode aprimorar:

a concessão de atribuições

o registro de ART

a fiscalização

valorização do conhecimento técnico

a ética profissional


atuacao empresaAtuação das empresas de Engenharia – Governança das empresas de Engenharia e obras pública

> Como as contratações públicas devem ser feitas para atender a demanda da sociedade, observando os critérios de segurança, qualidade e sustentabilidade? Podem ser feitas pelo menor preço ou devem considerer outros aspectos?

> O que é necessário para minimizar o número de obras contratadas e paralisadas?

> Como o Sistema pode orientar os órgãos públicos no combate à corrupção?

> Como facilitar a fiscalização das empresas que atuam em obras públicas por parte da sociedade?

> Como reduzir a dependência das empresas de engenharia em relação ao setor público?

> Como o Sistema pode contribuir para uma boa governança nas obras e empreendimentos públicos?

> De que forma as empresas de engenharia e agronomia podem dar melhores respostas aos cidadãos afetados pelas obras e empreendimentos de nossas áreas?