Pesquisar no site...

​​​O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas) é uma autarquia federal que regulamenta e fiscaliza o exercício dos profissionais de engenharia, agronomia, geologia, geografia e meteorologia.

Ao longo de seus mais de 85 anos, o Crea-MG, no cumprimento de sua missão, vem defendendo a sociedade da prática ilegal das atividades técnicas, garantindo a presença de profissionais legalmente habilitados, com conhecimento e atribuições específicas, na condução dos empreendimentos da engenharia, agronomia e geociências.

O Conselho tem como instância máxima um plenário composto por representantes de entidades de classe e instituições de ensino.

Confea

Regimento Interno

​​​​​O Plenário do Crea-MG é representativo do universo de profissionais, em Minas Gerais, das chamadas áreas tecnológicas - engenharia, agronomia, geologia, geografia, meteorologia.

Em princípio, qualquer profissional pode ser conselheiro. Basta fazer parte de uma Entidade de Classe ou Instituição de Ensino das áreas afins, com registro no Conselho e ser eleito ou indicado para o cargo.
Os conselheiros formam as Câmaras Especializadas, em cujas reuniões deliberam sobre o registro de profissionais e empresas, estabelecem normas de fiscalização, julgam infrações e analisam casos omissos na legislação. O cargo é honorífico, não se recebe nenhum salário para ser conselheiro.

​O Plenário é composto por Conselheiros - efetivos e suplentes - representantes das diversas Entidades de Classe e Instituições de Ensino do Estado.

Conheça os Conselheiros do Crea-Minas

 

Documentos de interesse:

Manual dos Conselheiros

Documento que reúne as principais informações para o exercício do cargo de conselheiro regional no Crea-MG. O Manual traz legislação profissional e ritos processuais com o objetivo de auxiliar os conselheiros em suas atividades.O documento serve de base para o treinamento oferecido aos novos conselheiros.

Manual de Conselheiros 2019

 

Portaria 04/2016

Estabelece critérios e regras básicas para a tramitação, decisão e/ou julgamento e arquivamento de processos administrativos no âmbito do Crea-MG, garantindo a proteção do interesse público e eficiência na prestação de serviços e desempenho de sua atividade fim.

Portaria 004/2019

 

Regimento Interno

 Dispõe sobre a finalidade da autarquia, suas competências, dentre  outros assuntos. O Regimento Interno é votado no Plenário do Crea-MG e  homologado pelo Confea.
 Há uma revisão do Regimento Interno aguardando homologação no Conselho Federal.

 Regimento Interno

 

Condução de Processo Ético

O Manual de Procedimentos para a Código de Ética Profissional serve para subsidiar os conselheiros na aplicação dos procedimentos e critérios fixados pela Resolução nº 1.004, de 2003, propiciando uniformidade dos critérios adotados na condução de processos éticos no âmbito do Sistema Confea/Crea..

Manual

 

 

 

​​​Informamos os Escritórios de Representação que foram desativados, solicitamos que procure a Inspetoria mais próxima.

Escritório de Cláudio -> Inspetoria de Oliveira
Escritório de Várzea da Palma -> Inspetoria de Pirapora
Escritório de Manga -> Inspetoria de Januária
Escritório de Santos Dumont -> Inspetoria de Juiz de Fora
Escritório de Paraisópolis ->Inspetoria de Itajubá​

 

Regional Belo Horizonte

Belo Horizonte - Sede

Regional Centro-Oeste

Arcos, Bom Despacho, Divinópolis, Itaúna, Oliveira, Pará de Minas e Passos

Regional Centro-Sul

Alfenas, Guaxupé, Lavras, Machado, São Sebastião do Paraíso, Varginha, Três Corações e Três Pontas

Regional Metropolitana

Betim, C. Lafaiete, Contagem, C. Industrial, Curvelo, Ibirité, Nova Lima, Ouro Branco, Ouro Preto, P. Leopoldo, Sta. Luzia, Caeté e Sete Lagoas

Regional Nordeste

Almenara, Araçuaí, Governador Valadares, Nanuque, Teófilo Otoni

Regional Noroeste

 Paracatu, João Pinheiro, Patos de Minas, São Gotardo, Patrocínio e Unaí

Regional Norte

 Diamantina, Capelinha, Janaúba, Januária, Montes Claros, Pirapora e Salinas 

Regional Rio Grande

 Araxá, Frutal, Iturama, Uberaba 

 Regional Sudeste

Barbacena, Cataguases, Juiz de Fora, Muriaé, Ponte Nova, São João Del Rei, Ubá e Viçosa

Regional Sul

Andradas, Itajubá, Poços de Caldas, Muzambinho, Pouso Alegre e São Lourenço, Santa Rita do Sapucai

Regional Triângulo

Araguari, Monte Carmelo, Ituiutaba e Uberlândia

Regional Vale do Aço

Caratinga, Ipatinga, Itabira, Guanhães, João Monlevade, Barão de Cocais e Manhuaçu

O mapa estratégico é a representação gráfica da estratégia da organização. Ele traduz a missão e a visão em um conjunto abrangente de objetivos, que direcionam o comportamento e o desempenho institucionais.

A tradução da estratégia por meio do mapa cria um referencial comum e de fácil compreensão para todos os membros da organização.

O mapa estratégico do Crea Minas está estruturado em quatro perspectivas:

  • Aprendizado e Crescimento;
  • Processos Internos;
  • Públicos; e
  • Financeira.

Essas perspectivas representam o encadeamento lógico da estratégia de atuação do Conselho. Cada uma engloba um conjunto de objetivos estratégicos que retratam os principais desafios a serem enfrentados pelo Crea-Minas no alcance de sua visão de futuro e no cumprimento de sua missão institucional.

Em junho de 2015 o Crea Minas finalizou a Formulação Estratégica do Plano de Gestão 2015-2017, sendo o principal produto desta etapa o Mapa Estratégico 2015-2017, elaborado a partir da revisão do Mapa Estratégico 2012-2014.

As principais alterações em relação ao mapa anterior foram:

  • Redação da nova visão de futuro;
  • Inserção do novo objetivo estratégico "Incrementar a Interação com o Sistema Empresarial"; e
  • Revisão dos objetivos estratégicos "Estabelecer e Implantar Política de Valorização Funcional" e "Ampliar a Interação com o Sistema Educacional". 

Mapa Estratégico 2015-2017

​​​Missão: Defender os interesses sociais e humanos, promovendo a valorização profissional, o desenvolvimento sustentável e a excelência do exercício das atividades profissionais.

Visão: Ser reconhecido nacionalmente pela sociedade e em todos os ambientes profissionais, pela excelência no atendimento, fiscalização, valorização e representação das profissões tecnológicas.

Valores:

  • Competência Tecnológica
  • Comprometimento
  • Ética
  • Participação e Posicionamento Social
  • Serviços de Excelência à Sociedade