Pesquisar no site...

Com o adiamento das eleições do Sistema Confea/Crea e Mútua para o dia 1º de outubro, os profissionais têm até 1º de setembro para escolher o local de votação. Os interessados em fazer essa alteração podem optar por qualquer uma das 80 unidades do Conselho espalhadas por Minas, além das urnas facultativas, que estarão disponíveis em instituições, entidades e empresas de todo o estado. A mudança é feita na área exclusiva do profissional, acessada pelo site do Crea-MG.

O pleito vai eleger os presidentes do Confea e dos Creas de cada estado e do Distrito Federal, além dos diretores regionais (administrativo e geral) das Caixas de Assistência dos Profissionais dos Creas (Mútuas). Em Minas Gerais, além desses cargos, os profissionais vão escolher os inspetores das comissões executivas para 60 inspetorias distribuídas em todo o estado. Os mandatos são de três anos, de 2021 a 2023, e os cargos honoríficos.

Todos os profissionais que estiverem em dia com o Conselho estão aptos a votar, já os que tiverem alguma pendência têm, também, até o dia 1º de setembro de 2020 para se regularizarem. O coordenador da Comissão Eleitoral Regional (CER-MG), engenheiro florestal João Paulo Sarmento, destaca que os profissionais devem estar atentos aos prazos para garantirem seu voto. “É fundamental que os profissionais participem do processo eleitoral pela sua representatividade. Esse é o momento de escolher quem conduzirá o Conselho nos próximos três anos”, afirma. 

O vice-presidente no exercício da Presidência do Crea-MG, engenheiro mecânico Edilio Veloso, reforça essa necessidade. “As eleições diretas ocorrem no Sistema Confea/Crea desde 1993, buscando garantir maior participação e transparência.  Em todo o Brasil, somos mais de 1 milhão de pessoas, uma quantia significativa que pode contribuir com os avanços da nossa categoria”, ressalta.

Coronavírus

Em função da pandemia do novo coronavírus, no dia da eleição, serão adotadas medidas protetivas tanto para os eleitores quanto para os mesários, como o uso obrigatório de máscaras e luvas descartáveis, fornecimento de álcool gel 70%, distanciamento na sala de votação, além de definir como horários preferenciais, das 8h às 9h e das 13h30 às 14h30, aos eleitores dos grupos de riscos. “Nossa preocupação maior é com a segurança de todos. Vamos adotar todas as medidas necessárias para proteger a saúde dos nossos funcionários como também dos profissionais que vão votar”, afirma Edilio Veloso.

Para mais informações sobre o processo eleitoral, confira o site do Crea-MG http://bit.ly/EleiçõesSistema2020