Pesquisar no site...

A inspetoria de Araxá está em reforma para melhorar o atendimento aos profissionais e à sociedade. Os serviços oferecidos pela Inspetoria estão funcionando, temporariamente, em um novo endereço.

O endereço provisório é Av. Getúlio Vargas, nº 500 - Sala 204, 2º andar - Centro - Araxá. CEP 38183-192.  

O horário de atendimento é das 08h às 17h.

Mais informações: (34) 3661-3788

 

Presidentes dos 27 Creas, do Confea e da Mútua participaram, entre os dias 14 e 16 de agosto de 2019, da  4ª Reunião Ordinária de 2019 do Colégio de Presidentes (CP), em Natal/RN. Na agenda, destaque para o debate sobre a Proposta de Emenda à Constituição 108/2019, que dispõe sobre a natureza jurídica dos conselhos profissionais e contra a qual o Confea já manifestou posicionamento.

Na abertura do CP, o vice-governador do Rio Grande do Norte Antenor Roberto manifestou seu apoio ao Sistema Confea/Crea em relação à PEC 108/2019.  “As atividades dos conselhos profissionais não obstaculizam o desenvolvimento, por isso o caminho é de fortalecer e não de desmantelar essas instituições. A PEC é um ataque à regulamentação das profissões que são imprescindíveis. Que a resistência de vocês ganhe eco na sociedade, porque ela só tem a ganhar com o trabalho dos conselhos profissionais”, enfatizou.

A presidente do Crea-RN, engenheira civil Ana Adalgisa Dias, agradeceu a participação das lideranças políticas, lembrando que há 50 anos o Regional vem dando sua colaboração em prol do crescimento do Rio Grande do Norte. “Trabalhamos com credibilidade, firmando identidade com os profissionais e o estado. Nossa missão é seguir com a gestão de portas abertas, buscando renovar o Sistema”, ressaltou Ana Adalgisa.

Apoio parlamentar

A contribuição dos conselhos para melhoria do bem-estar da sociedade foi igualmente reconhecida pelo deputado e engenheiro civil Allyson Bezerra, que preside a Frente Parlamentar da Engenharia na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, instalada em julho passado.

Também o chefe de gabinete do deputado federal general Eliéser Girão Filho, general Araújo Lima, afirmou que o objetivo  é alinhar as decisões para que não haja prejuízo para população. “Nos propomos a conversar com o partido sobre a PEC 108/2019 e, num outro momento, vamos dialogar com o Crea-RN sobre o reflexos da PEC no conselho profissional e no Brasil”, completou.

O deputado federal Rafael Motta, secretário-geral da Frente Parlamentar Mista da Engenharia, Infraestrutura e Desenvolvimento Nacional, também declarou apoio à causa.  “A intenção de extinguir os conselhos, a exemplo do que está sendo feito com os sindicatos, é prejudicial. Isso não pode se estender aos conselhos, que têm importância no meio social, executando atividades de fiscalização”

O reforço veio ainda de Adriano Barbosa, chefe de gabinete do senador pelo Rio Grande do Norte, Styvenson Valentim. “O senador está atento ao problema e, por isso, colocamos o gabinete à disposição dos engenheiros”, afirmou.

Na mesma linha, a deputada federal Natália Bonavides garantiu suporte ao conselho profissional, reconhecendo a função institucional de zelar pelas profissões. “A PEC é preocupante porque enfraquece essas instituições que protegem a atuação dos engenheiros, garantem condições dignas de trabalho e têm também papel importante para a sociedade”, enfatizou.

O senador Jean Paul Prates também esteve no CP manifestou-se favorável à causa. “Sou aliado de vocês e assumo o compromisso de trabalharmos juntos porque a PEC é preocupante”, garantiu Prates, que já atuou em prol do Sistema no desarquivamento do projeto de lei relativo à carreira de Estado. 

Diante dos representantes políticos, o presidente do Confea, engenheiro civil Joel Krüger, frisou que o Sistema trabalha dando sua contribuição para o desenvolvimento do Brasil, levando ao parlamento subsídios técnicos, e salientou a atual preocupação. “A PEC 108/2019 é um tema crítico neste momento e, por isso, precisamos trabalhar com foco nela”, reiterou, convidando os parlamentares a aprofundarem o debate na 76ª Semana Oficial da Engenharia e Agronomia (Soea), que será realizada no próximo mês, em Palmas (TO).

O presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges, vê com bons olhos essa articulação com lideranças políticas. “É fundamental que cada Regional trabalhe junto a seus parlamentares para termos um bom resultado no âmbito nacional. Em Minas, será lançada, no próximo mês, a Frente Parlamentar da Engenharia na Assembleia Legislativa, criando um canal de interlocução muito importante”, destacou Lucio.

Soea

Na oportunidade, foi definida, por sorteio, a localização dos estandes dos Creas na 76ª Soea, que já tem mais de 2.500 inscrições até o momento. 

Durante o CP, Goiânia foi escolhida para sediar a 77ª Semana Oficial da Engenharia e Agronomia (Soea), que será em 2020. A indicação do estado-sede seguirá posteriormente para deliberação do plenário do Confea.

Com a indicação aprovada pelo colegiado, o presidente do Crea-GO, engenheiro agrônomo Francisco Almeida,  adiantou que a edição do próximo ano será um marco. “Vamos fazer uma Soea diferente, mostrando nossa importância para a sociedade, que é quem contrata nossos serviços, considerados essenciais para o desenvolvimento nacional”, afirmou. 

banner CP natal1

Fonte: Ascom/Confea

No dia 05 de agosto de 2019, o presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges, se reuniu com o diretor acadêmico da Libertas – Faculdades Integradas Davidson Scarano e com o coordenador do curso de engenharia civil da mesma instituição, engenheiro Darlan Einsten do Livramento, a fim de fomentar parcerias e reforçar a relação entre a instituição e o Conselho. O encontro ocorreu na sede do Regional mineiro, em Belo Horizonte.

Localizada em São Sebastião do Paraíso, a Libertas é umas das maiores faculdades do interior de Minas Gerais. Com mais de  5 anos de existência a instituição é mantida pela Fundação Educacional Comunitária de São Sebastião do Paraíso (Fecom) e oferece cursos de pré-vestibular, graduação, pós-graduação e extensão. 

Também participaram da reunião a gerente de Apoio aos Colégios do Crea-MG, Maria Cristina da Silva; a coordenadora da Comissão de Educação do Crea-MG, engenheira civil Davina Braga; e o procurador-geral do Crea-MG, Rubens Jardim.

Libertas2.jpg

No dia 12 de agosto de 2019, o presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges, reuniu-se com o deputado federal Rodrigo de Castro, no escritório regional do parlamentar, em Belo Horizonte. Rodrigo manifestou apoio aos conselhos em relação à PEC 108/2019, que propõe o fim da obrigatoriedade da inscrição de profissionais nos conselhos e transforma sua natureza jurídica, de públicos para privados.

O Crea-MG tem discutido e buscado o apoio de diversos parlamentares contra a PEC. “Estamos conversando com deputados estaduais e federais, mostrando a eles o papel e a importância dos conselhos para a sociedade. Também estamos participando dos encontros dos Conselhos [e Ordens Profissionais de Minas Gerais (COP-MG)] e acompanhando as ações promovidas pelos federais. É muito importante a mobilização de todos contra a PEC”, ressaltou Lucio Borges.

Com o objetivo de reforçar o apoio, os deputados participaram da reunião de instalação da Frente Parlamentar em Defesa dos Conselhos Profissionais, no dia 07 de agosto, na Câmara dos Deputados. Em Minas Gerais, os parlamentares articularam a Frente Mineira em Defesa da Engenharia, com o lançamento marcado para o dia 05 de setembro de 2019, na Assembleia Legislativa (ALMG). 

 

Veja mais:

Parlamentar mineiro discute lançamento da Frente Mineira em Defesa da Engenharia no Crea-MG

Conselhos e Ordens Profissionais de MG se mobilizam contra a PEC 108/2019

Workshop destaca a importância da fiscalização dos Conselhos Profissionais

PEC 108/2019 pode levar à desregulamentação de atividades profissionais

Pela permanência dos conselhos profissionais 

 

O diretor de Relações Institucionais do Crea-MG engenheiro civil Pedrinho da Mata, se reuniu no dia 18 de julho de 2019, com o prefeito de Poços de Caldas Sérgio Azevedo, com objetivo de discutir um Termo de Cooperação Técnica. O encontro ocorreu na Prefeitura Municipal.

O objetivo do Termo, a ser assinado pelo Crea e prefeitura, visa à colaboração entre os órgãos para um relacionamento mais eficiente entre as partes e superação de seus desafios, proporcionando à sociedade, segurança, bem-estar humano e social e equilíbrio ambiental. Para Pedrinho da Mata, a parceria é uma oportunidade de intercâmbio de informações para aprimorar a fiscalização. "O convênio trará melhorias para as duas partes já que com ele, os órgãos poderão compartilhar experiências e aprimorar serviços", afirmou.

 A reunião também contou com a presença da diretora Técnica e de Fiscalização do Crea-MG, engenheira civil Maria das Graças Lage, e dos engenheiros civil e inspetores do Crea-MG José Maria de Assis e Nelson Damásio Ferreira.