Pesquisar no site...

O Crea-MG sediou mais uma reunião dos presidentes dos Creas do Sudeste no dia 20 de março de 2019. Esses encontros vêm ocorrendo periodicamente com o objetivo principal de troca de experiências. O presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges, falou como é importante receber outros presidentes aqui. “Nossa gestão tem como marcas o diálogo e a integração. Fico muito feliz em receber, mais uma vez, os presidentes do Sudeste para essa rica conversa”, afirmou Lucio.

Para a presidente do Crea-ES, engenharia civil Lúcia Helena Vilarinho Ramos, é preciso promover esses encontros com frequência. “Para nós, é muito significativo porque recebemos informações valiosas sobre várias questões. Levamos resultados para implantar em nossa base melhorando a prestação de serviço. O objetivo é sermos cada vez mais atuantes e como somos um Sistema sempre a experiência dos outros Regionais é sempre muito rica”, enfatizou Lúcia. Ela acrescentou ainda que em reuniões como essa, menores, os resultados são muito positivos. “Num grupo pequeno, ficamos mais focados na troca, o que é ótimo”, destacou.

Segundo o presidente do Crea-SP, engenheiro de telecomunicações Vinícius Marchese Marinelli, “encontros como este, protagonizado por Conselhos de grande influência no Sistema Confea/Crea, são de fundamental importância para o aprimoramento da fiscalização do exercício profissional dentro da área tecnológica. Juntos, nos prestamos ao esforço de uma intercomunicação entre os participantes cada vez mais articulada e só desta maneira, estabelecendo procedimentos padronizados que acabam por construir um discurso único e objetivo, poderemos alcançar sucesso nas nossas demandas comuns”.

Já o presidente do Crea-RJ, engenheiro eletricista Luiz Antônio Cosenza, explicou que essas reuniões têm uma pauta e que cada um dos Creas pode oferecer sua experiência de acordo com a necessidade dos outros Regionais. “Quando um Crea já tem a experiência, podemos balizar nossas decisões por ele, pois temos resultados concretos. No Rio, estamos fazendo um contrato com a Junta Comercial semelhante ao que o Crea de Minas tem. Saio daqui com um modelo e também conhecendo os resultados alcançados, que são muito bons. Também nos interessamos pelo convênio do Crea-MG firmado com o Conselho Regional de Contabilidade e vamos procurar fazer algo parecido”, destacou Cosenza.

Os presidentes discutiram também os procedimentos para a realização dos CEPs e do CNP, dívida ativa, possibilidade de pagamentos com cartão de crédito, assessoria parlamentar e relacionamento com estudantes e instituições de ensino. Pioneiro na criação de um espaço próprio para os estudantes e recém-formados, o Crea Júnior, e com um relevante trabalho com as IEs, o Crea-MG detalhou as experiências bem-sucedidas com esses públicos. “Estamos indo em várias escolas, queremos o Conselho próximo de todos. Agora, toda plenária conta com a participação dos coordenadores dos Colégios de Entidades, de Inspetores e de IEs. Temos que juntar todo mundo para estabelecer o diálogo e fortalecer o Sistema”, finalizou Lucio.

Confira as fotos

Com o objetivo de instalar um Escritório de Representação do Crea-MG em Carangola, o prefeito Paulo Pettersen se reuniu com o presidente do Conselho, engenheiro civil Lucio Borges, no dia 13 de março de 2018, na sede do Regional.

A ideia é viabilizar o Escritório e também celebrar Convênio de Cooperação Técnica entre o Conselho e a Prefeitura. Segundo Paulo Petterson, a Prefeitura cederia um espaço no centro da cidade para a instalação do Escritório. Ele afirma que será importante ter uma unidade do Crea em Carangola. “Facilitará muito a vida dos profissionais do nosso município e região, evitando assim que eles tenham que se deslocar 80 quilômetros até Muriaé para resolver suas demandas”, destacou.

O Escritório do Crea-MG em Carangola, se instalado, vai atender profissionais de mais de dez cidades vizinhas ao município, entre elas Tombos, Faria Lemos, Pedra Dourada, Espera Feliz, Caiana, Caparaó, Alto Caparaó, Divino, Orizânia, São Francisco do Glória, Fervedouro, entre outras.

Em seu processo de interiorização, em 2018, o Crea-MG inaugurou os Escritórios de Ibirité, de Três Corações e de Cássia. Para o presidente Lucio Borges é fundamental o Conselho “estar mais próximo dos profissionais, a fim de agilizar a prestação de serviços e ampliar ainda mais sua atuação no Estado, fortalecendo a engenharia”, ressaltou.

Dentre outros serviços, o Escritório disponibiliza o pedido de registro de profissionais e empresas, orienta nas emissões de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), solicita  certidões e formulários para pagamento de taxas, além de esclarecer dúvidas a respeito de procedimentos do Crea-MG.

Além do presidente Lucio e do prefeito Paulo, participaram da reunião o diretor do Serviço Municipal de Saneamento Básico e Infraestrutura de Carangola (Semasa), engenheiro civil Marco Antônio de Lima, e o superintendente de Relações Institucionais do Crea-MG, engenheiro civil Jean Marcus Ribeiro.

O Grupo de Trabalho de Barragens do Crea-MG se reuniu no dia 13 de março de 2019, na sede do conselho em Belo Horizonte. A reunião contou com a presença do presidente da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), Renato Teixeira Brandão. Na oportunidade ele apresentou uma palestra sobre a situação das barragens de Minas Gerais. Renato explicou também como é feita a fiscalização de barragens pela Feam, ressaltando a importância de ações efetivas e constantes.

Confira as fotos

O Crea-MG e o Conselho Regional de Contabilidade de Minas Gerais (CRCMG) assinaram, no dia 12 de março de 2019, um termo de cooperação técnica que prevê, entre outras ações, a realização de eventos conjuntos. “Temos que trabalhar juntos para trocarmos informações, dialogar e nos apoiar”, lembra o presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges.

O termo estabelece que os dois conselhos realizem ações conjuntas para os profissionais, na forma de palestras e divulgações que promovam a capacitação profissional. Além dos eventos, também foi acordada a troca de informações cadastrais de pessoas jurídicas, cujos dados contribuirão para as fiscalizações do Crea e do CRC. “Somos entidades que prezam pela fiscalização e pela boa conduta dos profissionais, então o investimento em cursos e palestras conjuntas irá promover a valorização profissional. Além disso, estamos apresentando ao Crea a oportunidade de divulgar o Fia, que é um projeto do Fundo da Infância e do Adolescente para o qual todos os contribuintes do imposto de renda podem destinar parte de suas contribuições, ajudando organizações e institutos credenciados”, ressalta a presidente do CRCMG, Rosa Maria Abreu Barros.

Além dos presidentes do Crea e CRC, a reunião contou com a presença do vice-presidente da Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg), que também coopera com o Conselho, Sauro Henrique de Almeira. As ações da Jucemg contribuem com a disponibilização de informações sobre empresas registradas na junta comercial que realizam atividades passiveis de fiscalização do Crea-MG. “Nosso objetivo é fazer um trabalho conjunto com os conselhos, para fortalecer o trabalho da fiscalização da atividade profissional. O acompanhamento do exercício das profissões evita que tenhamos leigos sem capacidade técnica exercendo atividades de engenharia ou contabilidade”, destaca Sauro.

Confira as fotos