Pesquisar no site...

As profissionais do Sistema Confea/Crea terão um Instituto Feminino de Engenharia (IFE). Ele será lançado, no dia 30 de março de 2019, na sede do Crea-MG. O projeto conta com o apoio do presidente do Conselho, engenheiro civil Lucio Borges, que se  reuniu com a presidente do IFE, engenheira civil Alaize Reis; a vice-presidente, engenheira civil Marinésia Costa Makatsuru; e a diretora de extensão e conhecimento, a engenheira civil Camila Soares. 

A programação do evento terá além do “Café com Engenheiras”, apresentação do IFE e palestra sobre mercado financeiro para a engenharia e suas perspectivas em 2019. “Será uma excelente oportunidade para conhecer o projeto inovador do IFE, iniciar networking e prospecção de parcerias para futuros negócios. A participação das engenheiras é fundamental para o Sistema", ressaltou Alaíze. 

Com a parceria do Crea-MG, o IFE vem para fortalecer a engenharia e aumentar a participação feminina no Sistema, de acordo com a vice-presidente Marinésia. “Estamos influenciando profissionais em todo estado. Hoje, o IFE conta com mais de 700 filiadas. Queremos ampliar ainda mais a quantidade das profissionais para o fortalecimento da ética e responsabilidade da classe”, afirmou Marinésia. 

IFE

O IFE é a primeira instituição de engenharia no país com diretoria formada apenas por mulheres, nas diversas modalidades. Segundo a presidente do IFE, o Instituto terá abrangência nacional. “A sede está situada em Belo Horizonte, mas pretendemos abrir núcleos e filiais em todos os estados. Para isso contamos com o apoio de todos os profissionais da área no país.” enfatizou Alaíze. 

Cafe com engenheiras

 

Mais informações: www.ife.eng.br