Pesquisar no site...

As Comissões Multimodais do Crea-MG têm a finalidade de apoiar as Câmaras Especializadas e a fiscalização do Conselho. Em Juiz de Fora, a Comissão realizou, no dia 25 de janeiro, a primeira reunião do ano na Inspetoria. Sete inspetores modais têm se dedicado aos procedimentos iniciais para instauração de processos relativos a empresas e profissionais ligados ao Conselho.

Durante o encontro, os inspetores executivos e os modais de Juiz de Fora conversaram sobre as ações de fiscalização executadas em 2018, as diretrizes adotadas pelo Conselho e as atividades para 2019. “No ano passado, além das ações de fiscalização de rotina, realizamos, em Juiz de Fora, duas blitze. Agora, nesta primeira reunião, estamos identificando como podemos avançar, tendo o apoio dos inspetores modais”, destacou o supervisor da região Sudeste Antônio Fernando de Castro.

Na oportunidade, o inspetor modal, engenheiro civil Eduardo Castro, recebeu um processo para elaborar parecer e encaminhar à Câmara. Segundo o inspetor-chefe de Juiz de Fora, os inspetores modais além de emitirem pareceres dos processos, contribuem com o trabalho da Inspetoria em diversos procedimentos. “Eles dão início a análise de processos facilitando a apreciação, instrução e julgamento pelas Câmaras Especializadas do Crea. Também nos auxiliam no planejamento da fiscalização e nas discussões referentes ao exercício profissional”, afirmou o inspetor-chefe de Juiz de Fora José Eduardo Modesto.  

A próxima reunião da Comissão Multimodal de Juiz de Fora está marcada para o dia 20 de fevereiro de 2019.

Comissões Multimodais

Além de Juiz de Fora, a Inspetoria de Belo Horizonte tem a Comissão Multimodal. Elas são compostas, no mínimo, de três profissionais das diferentes modalidades da engenharia, agronomia, geologia, geografia e, no máximo, por um representante correspondente a cada uma das Câmaras Especializadas do Crea-MG, eleitos diretamente pelos profissionais da jurisdição da Inspetoria ou indicados pela executiva e designados pelo presidente do Crea-MG.

Nas inspetorias com mais de um conselheiro, a presidência da Comissão Multimodal é exercida por um deles, eleito pelos membros da Comissão. Nas inspetorias onde não há conselheiros com mandato no Crea-MG, cabe ao inspetor-chefe a presidência da Comissão Multimodal. 

Os mandatos dos membros da Comissão Multimodal e da Comissão Executiva coincidem com o mandato do presidente do Crea-MG, sendo permitida uma reeleição consecutiva.

 

Comissão Multimodal de Juiz de Fora 

Eng. civil Eduardo Castro - modalidade Engenharia Civil

Eng.de minas Valdir Filho - modalidade Geologia e Minas

Eng. eletricista João Batista de Oliveira – modalidade Engenharia Elétrica

Eng. agrônomo Alfredo Guimarães – modalidade Agronomia

Eng. civil e de seg. do trabalho Renan Biazollo – modalidade Engenharia de Segurança do Trabalho

Eng. química Tatiana Silva - modalidade de Engenharia Química

Geógrafo Cristian Ribeiro – modalidade Engenharia de Agrimensura.