Pesquisar...

O setor de Atendimento aos profissionais e empresas que buscam a solução de demandas junto ao Conselho está aberto. Ele funcionou normalmente durante o mês de dezembro e está atendendo regularmente em janeiro. O sistema de funcionamento foi alterado pela presidência para atender ao público de forma mais ampla, estando disponível, ainda, para os profissionais que vieram do interior e de outros estados para as festas de fim de ano e aproveitaram para resolver suas pendências junto ao Crea.

Esta decisão modifica o sistema anterior, em que o atendimento era feito por meio de plantões que resolviam questões urgentes. A gestão atual optou por não trabalhar em regime de férias coletivas, modelo adotado desde 2005, pensando em melhorar o serviço e oferecer atendimento ininterrupto aos profissionais. “Com essa mudança vamos atender aos anseios de muitos profissionais, nossa gestão entende que os serviços do Crea-Minas são de interesse público e não podem ser interrompidos por férias coletivas”, destacou o presidente do Conselho, engenheiro civil Lucio Borges.

A iniciativa já apresentou resultados. Entre os dias 26, 27 e 28 de dezembro de 2018, apenas na sede, cerca de 600 profissionais ou representantes de empresas do setor de engenharia vieram à sede a fim de resolver suas questões e ficar em dia com o Crea-Minas. Já no dia seguinte ao ano novo, foram registrados 120 atendimentos.  Emiliane

A engenheira agrônoma Emiliane Trajino veio ao Crea-Minas para regularizar sua situação de 2018 e 2019 e aprovou a decisão de o Conselho manter as portas abertas durante o fim de ano. “É perfeito [estar aberto]. Agora é um momento mais tranquilo de trabalho, então podemos vir cedo e resolver o que tem que ser resolvido. Adianta o nosso dia”, afirmou. 

 

Matheus

 Quem também aproveitou a oportunidade e fez o primeiro registro profissional foi o recém-   formado em engenharia elétrica Matheus. “Eu precisava vir nessa época porque acabei de me formar e estou com uma   proposta de emprego, então precisava tirar o registro logo”, contou.

Rogerio Nicolai

 Além de Emiliane e Matheus, o engenheiro civil Rogério Nicolai também procurou o   Conselho. Ele avaliou suas condições de benefícios na Administradora de Planos de   Saúde Aliança, que funciona junto à Mútua, e regularizou sua anuidade. “Esse fim   de ano   é mais complicado, pois muitas pessoas tiram recesso, mas o atendimento está ótimo! A nova administração está   muito boa e acertando em manter o Conselho aberto nessa época do ano”, disse.  

 

Consulte o horário de funcionamento das unidades de atendimento do Crea-Minas (http://bit.ly/atendimentocrea