O Grupo Gestor do município de Divinópolis, em conjunto com uma equipe de profissionais da engenharia e arquitetura, entregou para a prefeitura um estudo relativo à Lei de Uso e Ocupação do Solo, que é adotada no Plano Diretor da cidade. O estudo, que teve duração de aproximadamente seis meses, teve a participação de três engenheiros indicados pelo Crea-Minas e culminou no envio de uma proposta de revisão à legislação de Divinópolis, que é a mesma desde 1988.

A Lei 2.418/1988 dispõe sobre o uso e ocupação do solo no município de Divinópolis, assegurando a densidade equilibrada de população e atividades compatíveis com a capacidade dos equipamentos urbanos e comunitários, infraestrutura e serviços urbanos. A proposta de revisão foi entregue pelo grupo à prefeitura, e agora passa por análise dos técnicos do executivo.

Reunindo cerca de 15 entidades de classe, incluindo o Crea-Minas, o Grupo Gestor de Divinópolis ressalta a importância de revisão da legislação para incluir o panorama de crescimento da cidade. Além das entidades, também participou do estudo e reunião o inspetor-tesoureiro do município, engenheiro civil Luiz Otávio Santos Pereira. Além disso, o Grupo destaca a necessidade de modernização da lei, além da inclusão do georreferenciamento nas construções.

Participam do Grupo Gestor, as entidades:

Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Divinópolis (Acid);

Câmara de Dirigentes Lojistas de Divinópolis (CDL);

Clube de Engenharia de Divinópolis (CED);

Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU-MG);

Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-Mg);

Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas);

Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais – Regional Centro-Oeste (Fiemg);

Ordem dos Advogados do Brasil de Divinópolis (OAB-MG);

Sindicato da Indústria do Vestuário de Divinópolis (Sinvesd);

Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Centro-Oeste de Minas (Sinduscon-CO);

Sindicato das Indústrias Siderúrgicas do Oeste de Minas (Sindigusa);

Sindicato do Comércio Varejista de Divinópolis (Sincomércio);

Sindicato dos Contabilistas de Divinópolis (Sincondiv);

Sindicato dos Corretores de Imóveis de Minas Gerais (Sindimoveis);

Sindicato Rural de Divinópolis.

Confira as fotos

O conselheiro do Crea-Minas e presidente da Associação de Engenharia Mecânica e Industrial de Minas Gerais (Abemec-MG), engenheiro mecânico Marcelo Aguiar; e os diretores da Abemec-MG, Ronaldo Bandeira e Flávio de Deus, ministraram uma palestra sobre mercado de trabalho na Faculdade de Engenharia de Minas Gerais (Feamig), no dia 14 de novembro de 2018.

Os assuntos tratados na palestra foram qualificação profissional, formação, legislação do Sistema Confea/Crea e atividades do Conselho  para os estudantes do primeiro período das engenharias civil, de produção e de agrimensura. “Apresentamos as oportunidades do mercado, os desafios, as possibilidades de atuação profissional, além de mostrarmos a importância do Crea-Minas para os engenheiros, instituições de ensino, empresas e sociedade”, destacou o presidente da Abemec-MG Marcelo Aguiar.    

Segundo a professora Raquel Ferreira de Souza, coordenadora-adjunta do Programa de Pesquisa, Produção e Divulgação Científica da Feamig, a palestra foi importante para os estudantes conhecerem e participarem do Crea-Minas. “Os alunos ficaram bem informados a respeito do Conselho e interessados no trabalho do Crea-Minas Júnior. Eles também entenderam que quando se formarem terão que se registrar no Conselho e lutar pelo desenvolvimento da profissão”, ressaltou Raquel.

 

Confira as fotos 

 

Os presidentes dos Creas Sudeste realizaram a última reunião do ano no Rio de Janeiro. O encontro, realizado em 22 de novembro de 2018, contou com a participação da presidente do Crea-Minas, Lucio Borges; Crea-ES, Lúcia Vilarinho; do Crea-SP, Vinicius Marchese; além do anfitrião Luiz Cosenza, presidente do Crea-RJ.

Em pauta, as atividades de fiscalização e as experiências de cada estado; os valores de taxa, serviços, anuidades e parcelamento; cadastramento de cursos em EAD e e a federalização do Sistema. Os presidentes também conversaram sobre a carreira de Estado para engenheiros e sobre a definição de uma agenda parlamentar com o deputado federal Ricardo Izar (SP), que tem proposições relacionadas às profissões do Sistema Confea/Crea. Outro ponto de discussão foi a Portaria 147/2018, do CRBio, que trata da competência dos biólogos para a coordenação, execução e elaboração de processos de outorgas de água e atividades correlatas.

Assista o vídeo sobre a reunião, produzido pelo Crea-RJ.

 

 

 

O Crea-Minas vai firmar convênio com o Centro Judiciário de Conciliação e Cidadania de Minas Gerais (Cejuc-MG) da Justiça Federal/Seção Judiciária de Minas Gerais em dezembro de 2018. O assunto foi pauta da reunião entre o presidente do Crea-Minas, engenheiro civil Lucio Borges; o coordenador do Cejuc-MG, juiz federal Ricardo Machado Rabelo; o diretor do Cejuc-MG Haroldo Ferri; o chefe de gabinete do Conselho, engenheiro civil Marcos Gervásio; e o procurador-geral do Crea-Minas Rubens Jardim,  no dia 13 de novembro .

Durante o encontro, o presidente do Crea-Minas destacou a importância da formalização do convênio com a Justiça Federal. “Entendemos que a conciliação é uma grande oportunidade para que as partes possam dialogar e encontrar soluções. Por isso, buscamos firmar este convênio”, ressaltou Lucio Borges.

Segundo o procurador-geral do Crea-Minas, no próximo mês será realizado um dia de conciliação do Conselho dentro do Cejuc-MG. “Nosso propósito é dar celeridade e eficácia na negociação consensual com os profissionais e empresas que têm questões a regularizar junto ao Crea-Minas”, destacou Rubens Jardim.

A Inspetoria de Montes Claros sediou, no dia 18 de novembro de 2018, a 1064º reunião ordinária da Câmara Especializada de Engenharia Elétrica (CEEE), que contou com a participação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e de profissionais da região. “Essas reuniões são momentos extremamente positivos que nos permitem ter contato com profissionais e estudantes, além de integrar a sociedade e mostrar o que o Crea vem desenvolvendo em prol da comunidade”, afirma o coordenador da CEEE, engenheiro eletricista Saulo de Moraes Garcia Júnior.

Durante a reunião, a CEEE analisou a tabela referencial curricular da engenharia elétrica para a concessão de atribuições com vistas à Resolução 1.073/2016, que tem sido pauta de diversos encontros. Outro tema discutido foi a repercussão da sentença judicial para a ação movida pela Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas (ABEE) contra o Crea-SC, que trata de questões de atribuições profissionais.

O evento também contou com palestra ministrada pelo diretor financeiro da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea de Minas Gerais (Mútua-MG), Otávio Dutra, que esclareceu planos de benefícios sociais, previdenciários e assistenciais.  Ainda na ocasião, foi proferida palestra sobre a tecnologia de banda larga SCM pelo assessor técnico e engenheiro eletricista, Marcelo Lucas Nunes, e pelo coordenador de projetos especiais, Vinícius Teixeira Dornas, representando a Anatel.

Confira as fotos