Pesquisar no site...

Para dialogar sobre as rotinas de fiscalização do Conselho, o presidente do Crea-Minas, engenheiro civil Lucio Borges recebeu os representantes do Crea-RS no dia 11 de outubro de 2018.

 Na ocasião, foram discutidas questões sobre o funcionamento das blitze e dos avanços do Regional nas áreas de fiscalização, registro e acervo. De acordo com a diretora Técnica e de Fiscalização do Conselho, engenheira civil Maria das Graças Lage, a reunião promoveu uma troca de experiências entre os profissionais. “Discutimos muito sobre a Certidão de Acervo Técnico (CAT) e o desempenho da Gerência Técnica do Crea-Minas. Esse diálogo é importante por que todos aprendem algo novo”, explica.

 Segundo o coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Civil do Rio Grande do Sul, o engenheiro civil Márcio Marun, a estrutura e o trabalho do Crea-Minas serviu como modelo a ser seguido pelo Crea-RS. “Nós conhecemos a estrutura do Conselho e tivemos a oportunidade de entender melhor as práticas rotineiras de fiscalização”, afirma.  

 

Confira as fotos

Comunicamos, com pesar, o falecimento do engenheiro eletricista Gabriel Rios Cruzat, ex-presidente da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos do Vale do Aço (Asseava). Tinha como um dos focos de trabalho a questão da poluição sonora e era membro da Sociedade Brasileira de Acústica (Sobrac).

Nascido no Chile, mudou-se para o Brasil há 45 anos. Apesar de todo esse tempo, mantinha um portunhol arraigado. Costumava dizer que encontrou no Brasil uma segunda pátria e que, desde que chegou, foi bem acolhido.

Gabriel criou sistemas para determinação de ciclos térmicos de soldagem e para perfil térmico de altos-fornos, dentre outras invenções patenteadas.

O sepultamento foi realizado na manhã do dia 18 de outubro de 2018, no Cemitério da Paz, em Ipatinga.

 

Manaus é sede da 5ª Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes do Sistema de Conselho Federal e Regional de Engenharia e Agronomia (Confea/Crea), que teve início na manhã do dia 17 de outubro de 2018, e reúne 27 representantes de conselhos regionais para definir as próximas ações das entidades. Durante três dias, a reunião irá debater pautas de interesse dos profissionais de engenharia e agronomia.

Durante a abertura, o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (CREA-AM), engenheiro civil Afonso Lins, ressaltou que o encontro tem como objetivo definir o funcionamento do Sistema Confea/Crea. “Além disso, vamos aqui votar pela uniformização de procedimentos, sempre em busca da eficiência e da eficácia do Sistema e também sobre o posicionamento diante de temas relacionados às profissões fiscalizadas a integração e desenvolvimento do Sistema Confea/Crea", afirmou Afonso.


O Colégio de Presidentes é composto pelo presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), engenheiro civil Joel Krüger, pelos presidentes dos Conselhos Regionais e pelo presidente da Mútua, Paulo Roberto de Queiroz Guimarães. A reunião em Manaus está sendo conduzida pelo coordenador do Colégio de Presidentes, engenheiro civil Francisco Antônio Silva de Almeida.

O presidente do Confea, engenheiro civil Joel Krüger, participa das atividades a partir desta quinta-feira, 18 de outubro de 2018.

Confira as fotos

Para discutir sobre os resultados da 24ª edição do Congresso Brasileiro de Engenheiros Civis (Cbenc), os presidentes do Crea-Minas, engenheiro civil Lucio Borges, e da Associação Brasileira de Engenheiros Civis de Minas Gerais (Abenc-MG), Romário Aurélio Pereira, e o vice-presidente da Abenc, Iocanan Moreira, reuniram-se na tarde do dia 15 de outubro de 2018.

 Engenharia civil em movimento foi o tema escolhido para esta edição, que ocorreu em Belo Horizonte entre os dias 9 e 11 de outubro. De acordo com o presidente da Abenc-MG, o evento contou com cerca de 300 participantes e ofereceu diversos minicursos e palestras da área de engenharia civil. “Foram ministrados minicursos sobre ferrovias, ensaios não destrutivos, Norma de Desempenho de Edificações (NBR 15575), Sistemas de Proteção Contra Descargas Atmosféricas (SPDA) e apresentações de trabalhos científicos. Nós buscamos, através do Congresso, ampliar ao máximo o conhecimento do profissional e do estudante”, afirma.

 Além disso, Iocanan Moreira reforçou e agradeceu o apoio institucional dado pelo Crea-Minas. “O resultado do Cbenc foi excelente e estamos muito agradecidos. A Abenc estará à disposição do Conselho, inclusive para futuras parcerias”, explica. 

 

Confira as fotos 

Profissionais, estudantes e congressistas estiveram presentes no primeiro dia do 33º Congresso Brasileiro de Manutenção e Gestão de Ativos (CBMGA), que está sendo realizado de 15 a 19 de outubro de 2018. Durante o período da manhã e da tarde do dia 15 de outubro, os participantes acompanharam o Workshop de Gestão de Ativos. À noite, ocorreu a solenidade de abertura com a apresentação de duas conferências, ministradas pelo superintendente-adjunto de Manutenção da Itaipu Binacional, Cleber de Souza Pimenta, e pelo diretor da Unidade Mecânica da Fiat Chrysler Automobiles, Claudio Araújo Rocha.  

Representando o Crea-Minas também participaram da abertura do CBMGA, o coordenador do Colégio Estadual de Empresas (CEM-MG) do Conselho, Delmer Cesário, e o presidente da Associação de Engenharia Mecânica e Industrial de Minas Gerais (Abemec-MG), conselheiro Marcelo Aguiar. “Sinto-me privilegiado de participar deste evento, pois é uma excelente oportunidade de ouvir os profissionais de grandes empresas e especialmente compartilhar conhecimentos que contribuem para o progresso do nosso país”, destacou Marcelo.

Considerado o maior evento do setor na América Latina, o CBMGA, promovido pela Associação Brasileira de Manutenção e Gestão de Ativos (Abraman), conta com 280 trabalhos técnicos, 17 conferências nacionais e quatro internacionais, dez palestras de inovação tecnológica e nove de autores de livros, além de oito mesas redondas.  

No dia 18 de outubro, o coordenador-adjunto da Câmara de Engenharia Mecânica e Metalúrgica (CEMM) do Crea-Minas, Antônio Humberto Almeida, conduz uma mesa-redonda sobre Responsabilidade e Ética na Engenharia de Manutenção e o conselheiro da CEMM, Alexandre de Oliveira Lopes, apresenta uma conferência com o tema Indústria 4.0 – Automação flexível e manufatura inteligente: avanços nos EUA.

O tema escolhido para esta edição é Sustentabilidade e excelência empresarial: desafios da manutenção e da gestão de ativos. Segundo o presidente do Conselho Deliberativo da Abraman, Alan Kardec Pinto, os congressistas estão debatendo o planejamento, a gestão e a manutenção de ativos para otimização de resultados. “Este Congresso está reunindo cerca de 1.000 congressistas que estão discutindo as mais modernas formas de se alcançar a excelência empresarial pelos métodos de trabalho”, ressaltou.

Paralelo ao CBMGA, também está funcionando a feira de produtos, serviços e equipamentos para manutenção e gestão de ativos (Expoman), que este ano conta com 35 empresas.

 

Veja a programação do 33º CBMGA/Expoman 2018

  

Confira as fotos