Pesquisar no site...

alfenas
 

Ética e relacionamento profissional entre o fiscal e as empresas prestadoras de serviços de engenharia foram os assuntos tratados em uma reunião, no dia 17 de julho de 2018, entre o inspetor-chefe de Alfenas, engenheiro civil Antônio Azevedo; o engenheiro civil Luiz Fernando Rodrigues, da Secretaria de Obras, e o engenheiro civil Gabriel Ferreira, da Secretaria de Desenvolvimento Estratégico da prefeitura de Alfenas. 

Segundo Antônio Azevedo, o objetivo da reunião foi orientar os engenheiros civis da prefeitura de Alfenas sobre os procedimentos que devem ser adotados em uma relação contratual entre as partes envolvendo serviços de engenharia. “Deve-se advertir as empresas que deixarem de cumprir as cláusulas contratuais. E os responsáveis técnicos devem estar cientes que podem, até mesmo, responder por infração ético-disciplinar”, destacou o inspetor-chefe.  

Antônio Azevedo também reforçou que o Crea-Minas está de portas abertas para orientar os profissionais sobre a legislação do Sistema Confea/Crea e que é função do Conselho defender a sociedade da prática ilegal das atividades de engenharia. 

Fiscalização Regionalizada Dirigida (FRD)

Outro assunto discutido na reunião foi a primeira ação de Fiscalização Regionalizada Dirigida (FRD) que ocorreu este ano, em Alfenas. A FRD reuniu fiscais das inspetorias de Alfenas, Varginha e São Sebastião do Paraíso, que integram a Região Sul do Crea-Minas, e ocorreu entre os dias 09 a 13 de abril de 2018. “Na ocasião, foram fiscalizadas 198 obras e nove empresas de construção civil. Verificamos, ainda, se as empresas e as obras possuíam um responsável técnico legalmente habilitado junto ao Conselho”, ressaltou. 

Também participaram das discussões, a superintendente de Projetos da Secretaria de Desenvolvimento Estratégico, arquiteta e urbanista Lilian Azevedo; e a engenheira civil Samira Herculano Pereira, também da respectiva secretaria.