Pesquisar...

Para celebrar o Dia da Engenharia, comemorado em 10 de abril, o Crea-Minas organizou em um único local as páginas da editoria Memória da Revista Vértice Crea-Minas. Inspirada no livro História da Evolução da Engenharia, do engenheiro Geraldo Dirceu de Oliveira, a coluna foi publicada a partir da 12a. edição da revista. Confira!

Ouça a entrevista de Geraldo Dirceu para a Rádio Crea-Minas e conheça um pouco da trajetória desse profissional que tem sido referência para diversas gerações. 

 

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider
 

 

Vértice 12

Vertice 12 32A pré-história da engenharia

Das primeiras ferramentas construídas no período Paleolítico até a invenção da roda no período Neolítico, a pré-história foi um período de invenções no campo da engenharia.

 

 

 

 

Vértice 13

vertice 13 32O Egito antigo 

A construção das pirâmides e as técnicas de agricultura dos egípcios na Antiguidade despertam interesse de historiadores, arqueólogos e estudiosos de civilizações antigas até os dias de hoje.

 

 

 

 

Vértice 14

vertice 14 32A herança da Grécia vertice 14 32

Tales de Mileto, Hipocrates de Chios, Pitágoras de Samos, Euclides de Alexandria e Arquimedes de Siracusa nos mostram a grandeza da matemática na Grécia antiga.

 

 

 

 

Vértice 15

vertice 15 36Arquimedes e a ciência

 As descobertas de Arquimedes, um dos maiores matemáticos da Antiguidade, são contribuições decisivas para a ciência.

 

 

 

 

 

Vértice 16

vertice 16 36Planejamento urbano na Antiguidade

A arquitetura da cidade de Alexandria é esculpida através de fórmulas matemáticas e teoremas físicos. Suas construções seguem princípios clássicos de engenharia, que são admirados até hoje.

 

 

 

 

Vértice 17

vertice 17 36Todos os caminhos levam à Roma

O Império Romano contou com uma bela infraestrutura de engenharia. A construção de estradas, invenção de carros, implementação do correio e estabelecimento de pesos e medidas reflete o conhecimento da época.

 

 

 

 

Vértice 18

vertice 18 36Obras de arte da engenharia

As pontes da Roma antiga, para além de sua utilidade, encantam pela beleza e simbologia. Sem essas obras de arte da engenharia, as pessoas seriam forçadas a gastar mais tempo ou se arriscar para chegar a seu destino.

 

 

 

 

Vértice 19

vertice 19 36Aquedutos representavam o domínio da tecnologia dos romanos

Cimento vulcânico, tijolos e pedras ajudaram a forjar o poder de Roma. Os aquedutos eram proezas de engenharia, dependendo unicamente da gravidade para assegurar o fluxo d’água por todo o Império Romano, que se estendeu da Alemanha ao Norte da África.

 

 

 

Vértice 20

Vertice 20 36O Colosso de Roma

O Coliseu somava a grandiosidade de sua estrutura com características funcionais de vanguarda. O anfiteatro é considerado um marco da engenharia e uma das sete maravilhas do mundo moderno.

 

 

 

 

Vértice 21

Vertice 21 36As cidades romanas

Estima-se que Roma chegou a ter mais de dois milhões de habitantes e, para conter os problemas de alimentação, higiene, moradia e epidemias, a engenharia respondeu com a execução de cidades planejadas e implantadas em pontos estratégicos do Império.

 

 

 

Vértice 22

Vertice 22 36Engenharia Militar  

Os romanos foram, provavelmente, a primeira civilização a ter uma força dedicada à Engenharia Militar. Entre os destaques, está a construção de fortificações com comprimentos superiores a 60 km em apenas algumas semanas.

 

 

 

 

Vértice 23

Vertice 23 36Tecnologia na Idade das Trevas

 

Além das construções góticas monumentais, a Idade Média foi marcada por diversas inovações tecnológicas, que levaram a um notável crescimento demográfico.

 

 

 

 

Vértice 25

Vertice 25 36Mudanças na arte de projetar e construir

Surgia no século XII, no continente europeu, a arquitetura gótica que ajudou na construção das catedrais medievais e castelos.

 

 

 

 

Vértice 26

Vertice 26 43Da Vinci usa habilidade inventiva em projetos inovadores

Considerado a personificação do Homem Renascentista, Da Vinci concebeu ideias muito à frente de seu tempo. No século XV, conceitualmente, inventou o parafuso helicoidal aéreo, o tanque de guerra, o uso de energia solar concentrada, uma calculadora e uma rudimentar teoria tectônica de placas.

 

 

 

 

Vértice 27

vertice 27 39Grandes Navegações

Durante os séculos XV e XVI, os portugueses e espanhóis lançaram-se nos oceanos Pacífico, Índico e Atlântico com os objetivos de descobrir uma nova rota marítima para as Índias e encontrar novas terras.

 

 

 

 

Vértice 28

Vertice 28 39Renascimento científico

Como um dos principais representantes do Renascimento Científico dos séculos XVI e XVII, Galileu Galilei foi responsável por diversas descobertas, como a balança hidrostática, o compasso geométrico, o binóculo, a balança, a régua calculadora, o telescópio e a luneta astronômica.

 

 

 

 

Vértice 29

vertice 29 31Inovações cartesianas

Para toda a engenharia, René Descartes é uma referência essencial nos conceitos da geometria e da álgebra. Ele estabeleceu quatro princípios para chegar ao conhecimento da verdade: evidência, análise, síntese e composição.

 

 

 

 

Vértice 30

  vertice 30 36A Revolução Científica 

Galileu, Descartes e Newton formaram o ciclo do triunvirato e mudaram os rumos da ciência. 

 

 

 

 

 

Vértice 31

vertice 31 36Cavaleiros templários 

 A Ordem dos Cavaleiros Templários era uma ordem militar de cavalaria e existiram por cerca de dois séculos na Idade Média. Sua origem remonta desde a construção do Templo do Rei Salomão. Eram considerados mestres pedreiros.

 

 

 

 

Vértice 32 

vertice 32 32As máquinas e a engenharia 

 A primeira máquina a vapor foi inventada pelos chineses entre os anos de 1659 e 1681. Até o inicio do século XVIII, a importância delas cresceu de forma tal que já era impossível se dissociar a ideia de civilização e maquinário.

 

 

 

 

Vértice 34

Vertice 34 32Nos trilhos

 No século XIX, o inglês Richard Trevithick construiu a primeira máquina movida a vapor com uma subestrutura de quatro rodas planejadas para se deslocar sobre trilhos. Era a primeira locomotiva bem-sucedida do mundo.

 

 

 

  

Vértice 35 

vertice 35 34A eletricidade 

A descoberta da eletricidade ocorreu com os experimentos do filósofo Thales de Mileto, quando esfregou uma resina vegetal fóssil petrificada chamada âmbar (elektron em grego) com pele e lã de animais, podendo observar seu poder de atrair pequenas plumas e fios de lã.