Pesquisar no site...

Os profissionais de engenharia, agronomia, e geociências de todo o Brasil vão escolher os presidentes do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e dos Conselhos Regionais de Engenharia e Agronomia (Creas) de cada estado e do Distrito Federal, além dos diretores regionais (administrativo e geral) das Caixas de Assistência dos Profissionais dos Creas, (Mútuas), no dia 15 de julho de 2020. Em Minas Gerais, também haverá processo consultivo para a escolha dos inspetores das comissões executivas. Os mandatos são de três anos, gestão 2021/2023, e os cargos honoríficos. 

Para facilitar o acesso do profissional e, assim, permitir um maior número de votantes, 114 cidades mineiras vão sediar o processo eleitoral. Além das mesas obrigatórias, que estarão localizadas na sede do Crea-MG, nas Inspetorias e nos Escritórios de Representação, também serão disponibilizadas urnas facultativas em empresas, instituições de ensino e entidades de classe em todo o estado.

A eleição ocorre por meio do voto direto e secreto. Todos os profissionais que estejam em dia com o Conselho estão aptos a votar, basta se dirigir ao seu local de votação com um documento de identificação com foto, expedido por órgão oficial. O pleito será realizado das 8h às 19h. O local de votação pode ser conferido na área exclusiva do profissional, acessada pelo site do Conselho.

O coordenador da Comissão Eleitoral Regional (CER), engenheiro florestal João Paulo Sarmento, ressalta a importância da realização das eleições do Sistema Confea/Crea e Mútua de maneira democrática e transparente. “A participação de cada profissional é fundamental nesse processo eleitoral pela sua representatividade. Esse é o momento de escolher quem conduzirá o Conselho nos próximos três anos. Somos mais de 1 milhão de profissionais em todo o país, temos um impacto significativo na sociedade. Votar é fundamental”, afirma. 

Coronavírus

Para que o pleito ocorra com segurança, em função da pandemia do novo coronavírus, serão adotadas medidas protetivas como o uso obrigatório de máscaras e luvas descartáveis, fornecimento de álcool 70% para higienização de mãos e materiais, distanciamento na sala de votação, além de horários preferenciais, das 8h às 9h e das 13h30 às 14h30, para os eleitores dos grupos de risco. Para garantir o cumprimento dessas medidas, foi providenciada a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para mesários e profissionais.

No dia da eleição, todas as unidades do Crea-MG vão funcionar, exclusivamente, como postos de votação, não havendo atendimento regular para o público. Para mais informações sobre o processo eleitoral, confira o site do Crea-MG http://bit.ly/EleiçõesSistema2020