Pesquisar no site...

Câmara de Mediação e Arbitragem (CMA) do Crea-MG promove encontro para debater mecanismos na resolução de conflitos nos serviços das áreas da engenharia, agronomia e geociências

Os métodos de mediação e arbitragem serão temas centrais no VI Seminário Nacional de Arbitragem, Construção & Infraestrutura, em Belo Horizonte, no dia 10 de maio de 2019. O evento, que é organizado pela Câmara de Mediação e Arbitragem (CMA) do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG), tem o objetivo de divulgar e aprimorar o conhecimento em relação a estes métodos alternativos nas soluções de conflitos.

O seminário vai contar com a participação de especialistas reconhecidos nacionalmente na discussão dos temas Arbitragem Expedita, Testemunha Técnica da Arbitragem, Arbitragem na Administração Pública e Mediação e Meio Ambiente. O presidente da CMA, engenheiro civil e advogado Robert Farrer, explica que a ideia é apresentar e debater a respeito da utilização desses mecanismos na resolução de litígios nos serviços das áreas da engenharia, agronomia e geociências. "A CMA atua em diversos campos e queremos que os seus serviços sejam largamente utilizados. O seminário é uma oportunidade para partilharmos com a sociedade as vantagens do uso desses métodos extrajudiciais", detalha Farrer. Dentre os benefícios, estão a rapidez, sigilo e especialidade, em que as matérias técnicas são mediadas e decididas por especialistas da área em questão.

Para o presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges, uma das prioridades do seminário é o incremento na preparação técnica dos profissionais para atuarem em mediações e arbitragens de assuntos relacionados a suas áreas de especialidade. “Precisamos somar os conhecimentos técnicos da engenharia a estas modalidades de julgamentos para auxiliar ainda mais a sociedade e as empresas na solução de conflitos”, conta Lucio Borges.

A programação completa e inscrições podem ser conferidas no link http://bit.ly/2D8Cj35