Pesquisar no site...

Uma equipe formada por seis fiscais do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG) iniciou, ontem, 25 de março, uma blitz de fiscalização em Ouro Branco. A ação, que acontece até o dia 29 de março, também vai verificar a regularidade das obras nas cidades de Congonhas e Entre Rios de Minas.

O principal objetivo da blitz é reforçar as fiscalizações de rotina que já são realizadas pelas inspetorias. A inspetora-chefe de Ouro Branco, engenheira civil Cibele de Azevedo, detalha que serão fiscalizados obras e serviços técnicos. Além disso, afirma que as ações de fiscalização evitam que obras sejam executadas por pessoas e empresas não habilitadas. “É de suma importância a participação de profissionais habilitados, pois os mesmos trabalham de acordo com os princípios éticos, econômicos, tecnológicos e ambientais compatíveis com as necessidades da sociedade”, explica a inspetora.

Iniciadas no ano passado, as blitze também farão parte do planejamento da fiscalização do Crea-MG em 2019. Segundo o gerente de Fiscalização, engenheiro eletricista Nicolau Neder, o êxito alcançado pelas blitze em 2018 é a justificativa para continuar com essa ação. “As blitze mostram resultados extremamente eficazes na identificação de irregularidades. Seguiremos com essa metodologia em 2019, buscando eficiência e resultados cada vez mais significativos”, ressalta. 

Balanço

Em 2018, foram realizadas 46 blitze em todas as regiões do estado, com um total de mais de 11 mil ações de fiscalização entre obras, empresas, contratos, quadro técnico e crédito rural. A fiscalização do Conselho é focada no exercício profissional da engenharia, agronomia, geologia, geografia e meteorologia, conforme prevê a Lei Federal 5.194/1966.