A Câmara de Mediação e Arbitragem (CMA) do Crea-MG obteve a renovação do certificado do Programa Brasileiro de Autorregulamentação de Boas Práticas em Arbitragem, Conciliação e Mediação (Parconima), concedido pelo Conselho Nacional de Mediação e Arbitragem (Conima). A solenidade ocorreu no dia 19 de dezembro de 2019, na sede do Conselho. O período de validade do documento é de 9 de dezembro de 2019 a 6 de dezembro de 2020. 

O processo de análise para a entrega da certificação é feito pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) a cada três anos e é renovado anualmente. O procedimento de avaliação consiste em uma série de auditorias que atestam organização, qualidade e eficiência da câmara julgada. A CMA foi a primeira a receber o selo Parconima no Brasil, pelo Conima, sendo exemplo para as demais câmaras do país, segundo o presidente da CMA, engenheiro civil Robert Farrer. “Nós temos muito trabalho pela frente para manter e aprimorar ainda mais a qualidade do nosso serviço, para continuar com esse padrão reconhecido pelo Conima,” ressaltou.

O representante do Conima, Renato Herz, destacou que a certificação garante segurança aqueles que recorrem aos serviços da CMA do Crea-MG. “A certificação atesta a qualidade da Câmara do Crea-MG, assegura que seus dados estão sob responsabilidade adequada, e que ela segue os procedimentos importantes para esses dois institutos, mediação e arbitragem, que hoje estão crescendo no Brasil,”  frisou. 

Também participaram da solenidade, do Crea-MG, o chefe de Gabinete, Marcos Gervásio; o superintendente de Planejamento, Gestão e Tecnologia, César Paiva; o gerente de Atendimento, Registro e Acervo e vice-presidente da CMA, Luis Pimenta; o procurador-geral Rubens Jardim; e o subprocurador-geral, Gustavo Eugênio Barroca.

Certiicado Parconima